ACP homenageia 70 anos de arte de Ida Hannemann de Campos

A artista plástica Ida Hannemann de Campos, nascida em Curitiba (1922) está completando 70 anos de atividades, e por esse motivo a Associação Comercial do Paraná (ACP) decidiu mostrar parte do acervo hoje reunido no Solar do Rosário, numa exposição para marcar a importância de sua participação na história da arte paranaense. A mostra será montada no Espaço ACP (Rua XV de Novembro, 621, 1º andar, Centro), devendo ser aberta na próxima quinta-feira (29), às 19h.

Na mesma oportunidade, a entidade fará o lançamento da segunda edição do livro “Acervo Artístico da ACP”, organizado por Elisabeth Seraphim Prosser, com textos escritos por especialistas e fotos das 25 obras da coleção que abriga nomes da relevância de Alfredo Andersen, Guido Viaro, Theodoro De Bona e Helena Wong, entre outros.

Pintora muitas vezes premiada, Ida Hannemann de Campos tem um de seus quadros incluído no acervo da ACP (Paisagem II), por sinal premiado no Salão Paranaense de Belas Artes em 1960. Ela também realizou inúmeros trabalhos como desenhista, gravadora, tapeceira e ceramista. Dois de seus painéis mais expressivos, explorando a temática tipicamente paranaense, podem ser vistos na Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR) e Biblioteca Pública do Paraná (BPP).

Segundo Fernando Bini, professor de história da arte, a artista foi aluna de Guido Viaro e “se mantém até hoje ligada a uma figuração lírica chegando algumas vezes próxima da abstração, quando os elementos vegetais de suas paisagens se fundem com outros ou com figuras humanas”.