Balanço pós-Páscoa confirma expectativas da maioria no comércio

Em sondagem encomendada pela Associação Comercial do Paraná (ACP), o Instituto Datacenso constatou uma melhora significativa nas vendas do último feriado.

Se a expectativa dos comerciantes para a Páscoa de 2012 era aumentar em 8% as vendas com relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento de 6%, pode ser considerado satisfatório.

Mais da metade dos comerciantes acreditava na melhora, que foi constatada por 59% dos 152 estabelecimentos entrevistados. Para o economista e diretor do Instituto, Cláudio Shimoyama, a redução da taxa de juros, o aumento real do salário mínimo e a estabilidade no emprego ajudaram a gerar confiança na hora da compra, mesmo considerando que a minoria dos estabelecimentos (44%) preparou alguma promoção especial para as vendas de Páscoa, dando prioridade para o desconto no pagamento à vista.

Do outro lado, o consumidor acabou gastando mais do que planejava. A média esperada de R$ 106,68 teve um leve salto para R$109,21, o que constata um gasto 8% maior do que em 2011.