Câmara e ACP debatem pautas do empresariado

Convidados pelo empresariado da capital paranaense, vereadores de Curitiba reuniram-se, nesta terça-feira (21), com o Conselho Político da Associação Comercial do Paraná (ACP). O encontro levou 14 parlamentares à sede da entidade, no calçadão da Rua XV de Novembro. Durante a conversa com os empresários, os vereadores ouviram reivindicações e debateram assuntos de interesse da classe.

“Este é um momento histórico, pois a Câmara Municipal de Curitiba reúne-se dentro do prédio da Associação Comercial do Paraná. Reuniões assim estão no DNA da ACP, que foi criada há 120 anos, justamente com este intuito: promover o engrandecimento da cidade e a defesa da sua gente”, comemorou o presidente da entidade, Edson José Ramon. O vice-presidente e coordenador do Conselho Político da ACP, Marco Antônio Peixoto, defendeu a aproximação entre os vereadores e o empresariado, especialmente nos temas relativos à ordem econômica do município, como o Programa de Recuperação Fiscal (Refic 2011), que permitiu o parcelamento de dívidas, ou as questões ligadas ao urbanismo, como a nova malha viária e os locais de estacionamento. “Tudo que esteja ligado à atividade econômica interessa, uma vez que o nosso objetivo é a integração entre a Câmara e a ACP, promovendo uma sintonia fina entre as aspirações dos nossos associados e a ação dos vereadores”, explica Peixoto.

Já o líder da prefeitura na Câmara Municipal, vereador João do Suco (PSDB), elogiou o resultado da iniciativa. “A reunião com a ACP é a primeira de uma série de encontros que iremos promover com as entidades de classe da cidade. Vamos buscar a aproximação e o diálogo, para que as ideias debatidas cheguem até os vereadores e façam parte do cotidiano da Câmara Municipal, incentivando novos projetos de lei”, disse o parlamentar. Também participaram da reunião os vereadores Tico Kuzma e Zezinho do Sabará, do PSB, Celso Torquato, Serginho do Posto, Jair Cézar, Nely Almeida e Jorge Yamawaki, do PSDB, Caíque Ferrante (PRP), Julieta Reis (DEM), Aladim Luciano e Paulo Salamuni, do PV, Noemia Rocha (PMDB) e Pedro Paulo (PT).

Temas

Os representantes das bancadas partidárias aproveitaram a oportunidade para explanar sobre os projetos que defendem em prol do empresariado da cidade. A vereadora Julieta Reis (DEM) falou a respeito da medida que prevê a conservação dos estabelecimentos presentes nos bairros da cidade. Segundo ela, “hoje se preza muito pelo sistema viário da cidade, sem se preocupar se as mudanças irão interferir nas atividades comerciais que já existem na região”. A vereadora também lembrou a proposta de adoção de um escalonamento para o comércio, possibilitando maior abrangência na atuação dos lojistas. Para ela, tudo o que servir para beneficiar os comerciantes e a população, deve ser apoiado pelos parlamentares.

Já Jonny Stica (PT) reiterou a luta pela instalação de banheiros públicos no Centro da cidade, alegando ser um problema de cunho social e que  interfere nas atividades comerciais. De acordo com ele, só na Rua VX de Novembro circulam cerca de 140 mil pessoas por dia, numa situação constrangedora. “Para estimular o comércio no Centro e que as pessoas façam compras por ali, é preciso oferecer condições adequadas para elas,” disse ele. Essa causa já é antiga da ACP, que acredita numa iniciativa público-privada para resolver o problema.

Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa