Comércio espera vender mais com a Páscoa

A maioria dos empresários aposta em vendas até 23% maiores em abril, frente às computadas no mês anterior, segundo a Sondagem Conjuntural do Comércio

Os lojistas de Curitiba estão otimistas em relação às vendas de abril, em função da Páscoa. Segundo os empresários ouvidos pela sondagem ACP/Datacenso, o aumento será de 23% na comparação com fevereiro. Para 31% dos comerciantes, as vendas da Páscoa devem crescer 18% sobre o movimento de igual período de 2010.  Outros 47% preveem vendas iguais às registradas no ano passado.

O cartão de crédito deve prevalecer como forma de pagamento. Dos entrevistados, 35% esperam receber o pagamento à vista e 21,5%, parcelado. O cartão de débito será responsável por 4, 5% dos pagamentos, enquanto 4% preveem pagamento à vista, em dinheiro; 1,5% a prazo no carnê; 1,5% no boleto, e 0,5% à vista no cheque.

A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 30 de março com 200 associados. A margem de erro é de 7% e o grau de confiança é de 95%.
Os principais ramos de atividades dos entrevistados são de calçados (18%), materiais de construção (15%), informática (13%), vestuários (11%) e supermercado e alimentação (10%).