Comércio registra aumento de 5% nas vendas em agosto

Pesquisa da ACP/Datacenso aponta otimismo motivado pelo fim de ano. Expectativa de crescimento é de 7% em setembro

O desempenho das vendas no comércio curitibano durante o mês de agosto apresentou crescimento de 5% em relação a julho. Os dados foram apurados pelo Instituto Datacenso, após entrevistas com 200 comerciantes e 200 consumidores entre os dias 3 e 4 de setembro.  A pesquisa foi contratada pela Associação Comercial do Paraná (ACP).

A pesquisa também constatou otimismo por parte dos proprietários e gerentes para os números de setembro. A estimativa média de crescimento para o mês de início da primavera é de 7%. O Índice de Situação Presente do Comerciante Curitibano (ISPCC) – que avalia o entusiasmo do lojista no prazo de 30 dias – e o Índice de Expectativas Futuras do Comerciante Curitibano (IEFCC) – que abrange os próximos 12 meses – apresentaram, respectivamente, crescimento de 5 e 7 pontos, demonstrando aumento proporcional durante o período que passará pela mudança de estação, Dia das Crianças e Natal.

A confiança do comércio se refletiu na estabilidade dos funcionários. Os estabelecimentos mantiveram o mesmo número de empregados em 90% dos casos. Apesar disso, o grau de satisfação com a qualidade do atendimento nos estabelecimentos diminuiu.  Segundo o economista e coordenador da pesquisa, Claudio Shimoyama, as queixas dos consumidores aumentaram nos últimos três meses, o que serve de alerta para os empresários e gerentes.  

 O valor médio gasto com as compras não habituais no mês de agosto foi de R$ 556,04 e os itens mais citados foram roupas e acessórios (60%), calçados (36%) e eletroeletrônicos (23,5%). A taxa média mensal de inadimplência em agosto foi de 9%, um ponto percentual a mais que em julho.