Dilma lança projeto de incentivo às indústrias

Presidente toma medidas para recuperar o setor empresarial brasileiro

Foi lançado nessa terça-feira (3) pela presidente Dilma Rousseff o projeto Brasil Maior, planejado para estimular o setor industrial e alavancar a economia. Representantes das principais entidades empresariais e de trabalhadores do Brasil foram convocados para o evento em Brasília. A ACP foi representada por Marco Antonio Peixoto, coordenador do Conselho Político. Entre as medidas anunciadas destacam-se a desoneração da folha de pagamento, incentivo a exportação, aumento nos prazos de pagamento de PIS/Cofins (até novembro e dezembro), redução do IPI, repasse de recursos ao BNDES, regime automotivo, Plano Nacional de Banda Larga e defesa comercial.

Na visão de Marco Antonio Peixoto o plano é abrangente: “É um grande passo para conter a desindustrialização” disse. A questão foi explanada pelo ministro Guido Mantega, da Fazenda, que anunciou o investimento de R$ 6,5 bilhões em subsídios do governo federal.    

Segundo Peixoto foi lembrada também a diminuição dos spreads bancários e a contenção da valorização do real, tendo em vista a implicação direta na produção industrial e nas exportações.