Gina Paladino descreve perfil da mulher empreendedora

Economista dirige agência de desenvolvimento da capital do Estado

O presidente Edson José Ramon, da Associação Comercial do Paraná (ACP), disse nessa quarta-feira (26), durante a reunião mensal do Conselho da Mulher Executiva (CME), que em breve a entidade de classe do setor produtivo deverá estreitar a integração com a Agência Curitiba de Desenvolvimento, visando facilitar o acesso dos associados aos programas mantidos pelo órgão vinculado à administração municipal.

A afirmação do presidente foi feita antes da conferência da diretora da referida agência, economista Gina Paladino, que a convite da vice-presidente Edda Deiss de Mello e Silva, coordenadora do CME, explanou com base em pesquisas vários aspectos do perfil da mulher empreendedora.

Gina formou-se em economia pela UFPR e fez cursos de especialização no Japão, França e Suíça, especializando-se na gestão de parques tecnológicos, projetos sustentáveis e de inovação. Segundo lembrou Ramon, em 1979, pouco depois da formatura a economista foi homenageada com a Medalha do Barão do Serro Azul concedida pela Associação Comercial do Paraná, em reconhecimento à sua classificação em 1º lugar nos quatro anos do curso.

Na palestra, a diretora da Agência Curitiba de Desenvolvimento citou que 39% dos lares brasileiros são mantidos por mulheres, sendo que o percentual sobe para 41% na cidade de Curitiba. No entanto, a remuneração da mulher que preenche 47% das vagas no mercado de trabalho é 30% menor que a do homem. Segundo Gina “a participação da mulher nas profissões liberais é explosiva, e a boa nova é o crescimento da busca de formação intelectual para facilitar o ingresso no mundo dos negócios”.

As atividades preferidas pela mulher empreendedora estão nas áreas de alimentação, estética, moda e beleza, embora Gina tenha apresentado uma característica registrada em Curitiba, “onde 50% dos serviços de organização de feiras e congressos são prestados por empreendedoras femininas”.