Intensivo prepara comércio para a Copa

Mesmo faltando quase três anos para a realização da Copa do Mundo no Brasil, a preparação para quem pretende trabalhar nos dias e locais dos jogos já começou. Em Curitiba, atendentes, vendedores e lojistas passam por um treinamento especial para receber os cerca de 500 mil turistas que devem vir à cidade. Eles participam de uma oficina de Turismo gratuita, oferecida pela Associação Comercial do Paraná (ACP), por meio de sua Universidade Livre do Comércio (ULC), em parceria com o Instituto Municipal de Turismo (IMT). A intenção é treinar quem certamente servirá de fonte de informação aos visitantes.

Na noite desta segunda-feira (24), um grupo de 93 pessoas entre comerciantes, balconistas, gerentes de lojas, alunos do curso de Turismo e funcionários de estádios de futebol participaram da primeira etapa da oficina. A turma assistiu a uma palestra sobre o atendimento a turistas, conduzida pela coordenadora de Capacitação do IMT, Ilka Lopes Cardoso, no auditório da ACP. No painel, Ilka explicou que o programa de treinamento do Instituto já existe há cinco anos, antes mesmo de ser cogitada a possibilidade de realização da Copa do Mundo por aqui, “ mas a formação de mais turmas e a participação do comércio nessas aulas surgiu com a parceria da ACP”, disse ela.

Durante a palestra, a coordenadora revelou que o intuito da oficina não é fazer dos comerciários verdadeiros guias de turismo, mas sim municiá-los com informações úteis para que possam orientar os visitantes de forma correta e eficaz. Segundo ela, nesses casos, a máxima do “eu não sei, mas tenho o telefone de quem sabe”, é a mais indicada. “A intenção é que quem invariavelmente servirá de fonte de informação para os turistas nos dias dos jogos, consiga orientá-los na busca por informações, indicando telefones da Prefeitura, Pontos de Informações Turísticas (Pit’s) e serviços especializados aos visitantes”, explicou.  Nesta terça-feira (25), ocorre a segunda etapa do treinamento. Os participantes da oficina farão um city tour guiado por técnicos da Prefeitura, passando pelos 25 atrativos mais procurados da cidade.

Desembarque

Ainda conforme revelou Ilka, a expectativa do Instituto Municipal de Turismo é que 508 mil pessoas desembarquem em Curitiba durante os jogos do mundial, o que equivale a metade da demanda que a cidade recebe durante um ano todo de visitas.  O perfil dos visitantes também muda nesse tipo de evento. São esperados 406 mil brasileiros e 102 mil estrangeiros, 6% deles virão com pacotes de viagens fechados e 94% devem visitar a cidade por conta própria.