Lojistas esperam Natal 20% mais gordo em 2010

Fonte: Folha de Londrina – publicado em 21/12/2010

Lojistas de todo o Paraná estão particularmente otimistas com o volume de vendas que serão fechadas esta semana. O aumento da renda do brasileiro e o aquecimento do mercado de trabalho faz com que os comerciantes do Estado acreditem que o Natal de 2010 possa registra um volume de venda até 30% maior que o de 2009. Na média, o aumento projetado pelas Associações Comerciais é de 20%.

Em Maringá, o otimismo dos lojistas foi medido por uma pesquisa realizada pela Associação Comercial da cidade, a Acim. ‘Os resultados mostram que não há nenhum setor que esteja pessimista’, conta Valdeci Aparecido, vice-presidente da entidade. Entre os setores mais empolgados com o Natal está o de móveis e eletrodomésticos, que espera vender 30% a mais. ‘Com dinheiro no bolso as pessoas começam a pensar em investir mais na casa, em trocar eletrodomésticos’, explica.

O diretor da Móveis Brasília, de Londrina, e diretor comercial da Associação Comercial (Acil), Marcelo Ontivero, concorda. ‘Nós trabalhamos muito com celular, que é a grande vedete do Natal’, aponta. Outro atrativo do setor são os planos de financiamento. ‘Muita gente aproveita e troca o sofá, a geladeira, arruma os móveis’, abserva.

A pesquisa da associação de Maringá também aponta que o consumidor da cidade deve investir, em média, R$ 170 em presentes (em 2009 essa média ficou em R$ 150). Com a perspectiva positiva, cerca de 49% dos lojistas da cidade contrataram mais funcionários e os demais investiram no pagamento de horas extras. ‘O reflexo disso já está aí. Tivemos um saldo positivo de vagas (diferença entre pessoas contratadas e demitidas no período) de dez mil vagas nesse fim de ano’, informa Aparecido.

A Associação Comercial de Londrina (Acil) não fez pesquisa sobre a estimativa de vendas na cidade. ‘Mas percebemos que de uma forma geral os lojistas estão bastante otimistas’, diz Marcelo Ontivero. A entidade promove, em parceria com o comércio e a prefeitura, o LondriNatal Premiado, campanha que dá prêmios aos consumidores. ‘Isso estimula muito as vendas’, afirma. Já em Foz do Iguaçu a expectativa é de aumento nas vendas de 20 a 30%, segundo a associação comercial da cidade.