Outubro Rosa conscientiza para prevenção do câncer de mama

ACP e secretarias estadual e municipal de Saúde promoveram mobilização nesta segunda. Paraná deve registrar mais de 3 mil casos em 2012.

Visando chamar a atenção da população feminina para a importância da prevenção e detecção precoce do câncer de mama, o Conselho da Mulher Executiva da Associação Comercial do Paraná (ACP) e as secretarias estadual e municipal de saúde, promoveram o lançamento oficial no Paraná do movimento internacional conhecido como Outubro Rosa.

O evento aconteceu em frente ao prédio da ACP e trouxe ações voltadas para a prevenção da doença, além de apresentações musicais, circenses, desfile com mulheres que superaram a doença e o lançamento de um selo especial dos correios voltado para a campanha.

O diretor geral da secretaria estadual de Saúde Rene José Moreira dos Santos, a secretária municipal de Saúde em exercício Anna Paula Penteado e o presidente da ACP Edson José Ramon, além de outras autoridades e instituições que atuam no desenvolvimento de projetos de interesse das mulheres, estiveram presentes.

Durante o mês de outubro uma ampla divulgação por meio de cartazes, folhetos e a tradicional iluminação rosa de edifícios engajados promete chamar a atenção de toda a sociedade para a causa.

O câncer de mama é o segundo mais frequente no mundo e uma das principais causas de morte entre as mulheres, representando 22% dos casos registrados anualmente. Entretanto, quando o diagnóstico é feito no início da doença os índices de cura são promissores.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), em 2012, só no Paraná, a previsão é que 3110 mulheres sejam diagnosticadas com a doença. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o exame de toque é importante, mas, muitas vezes, tumores em fase inicial não são palpáveis e é exatamente nessa fase que há grande chance de cura.

O câncer de mama é indolor e seus principais sintomas são o aparecimento de nódulo na mama ou axila, alteração na forma ou tamanho da mama, alteração no aspecto da pele da mama ou saída de secreção pelo mamilo.

Recomenda-se mamografia regular para mulheres entre 50 e 60 anos, com intervalo máximo de 2 anos entre os exames, e no caso das mulheres incluídas no grupo de risco, conforme histórico familiar, a partir dos 30 anos.

O Outubro Rosa surgiu na década de 1990 no Estados Unidos e nos últimos dez anos ganhou a adesão de vários países. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.