Parceria para atrair investimento externo

O estatuto da Agência de Internacionalização do Paraná, que integra o programa Paraná Competitivo do Governo Beto Richa, foi apresentado pelo secretário da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, a representantes de entidades empresariais, a cônsules de vários países e a operadores de mercado entre outros.  Durante a reunião, realizada na Associação Comercial do Paraná, o secretário detalhou o projeto e adiantou que a criação da agência ocorrerá em outro encontro a ser agendado brevemente. “Vamos aguardar as sugestões e orientações dos participantes. Na próxima reunião estaremos com o formato definido assim como os sócios e os patrocinadores da agência”, explicou.

O presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Edson José Ramon, afirmou que a Agência de Internacionalização, “pelas ações que visam levar o nosso estado a ter o papel que merece no Brasil, é um elo forte de interação que se estabelece entre o empresariado e o Governo Beto Richa. E isso faz parte da missão, não só da Associação Comercial do Paraná, como de todas as entidades de classe”. Por isso, Ramon acrescentou que “da parte da ACP, estamos à disposição do Governo para trabalharmos a quatro mãos, mesmo porque sentimos que realmente vamos galgar novos degraus em direção ao horizonte que o nosso estado e nós, paranaenses, merecemos”.

Barros esclareceu que será a iniciativa privada que irá gerir a agência, da qual o Estado do Paraná, por meio da Secretaria da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, será sócio.  “É uma instituição sólida, reconhecida como referência nacional e internacional, de auxílio do desenvolvimento da economia paranaense, por meio da atração de investimentos e no fomento das exportações”, disse, ao acrescentar que uma de suas principais metas será a consolidação de escritórios de representação do Paraná, em outros estados e países. “Vamos criar a sinergia, estabelecer ações entre os diversos setores que hoje atuam no setor de comércio exterior para vender a marca Paraná nos mercados nacional e internacional.”

Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa

Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa

Créditos: Felipe Rosa