Ponto Ativo em novo espaço

??Integrado ao projeto Centro Vivo, o Ponto Ativo, que é um programa de responsabilidade social da Associação Comercial do Paraná (ACP), desenvolve ações que vão ao encontro dos anseios da sociedade, cujo beneficiário maior é a própria comunidade. Esta é a avaliação que o presidente da ACP, Edson José Ramon, fez, no início da noite de segunda-feira (4), durante solenidade que marcou a inauguração do espaço do Ponto Ativo nas dependências da entidade e também a renovação de convênio com o Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR) para a manutenção do curso básico de informática.

Após destacar que a inauguração do novo espaço contribuirá para dar maior amplitude ao Ponto Ativo, Ramon acrescentou que “nos sentimos gratificados em poder contribuir para a integração na sociedade de pessoas que atingem uma certa idade”. O programa é voltado para pessoas com mais de 50 anos, que moram ou trabalham na região central de Curitiba.

O vice-presidente da ACP e coordenador do Conselho do Centro Vivo e Ponto Ativo, Antonio Miguel Espolador Neto, destacou dois aspectos pelo fato de o programa ficar sediado nas dependências da entidade: economia e credibilidade. “Ocupamos um espaço ocioso no prédio da ACP, eliminando a necessidade de pagar aluguel pelo uso de dependências externas para a execução das ações do Ponto Ativo. Além disso, o fato de estar nas dependências da entidade, aumenta a credibilidade do programa, sem falar que as pessoas sentem-se mais motivadas em participar”. Disse ainda que o programa, criado em 2006, “tornou-se caso de sucesso desde o início, transformando-se em projeto de cidadania, de valorização da terceira idade”.

Espolador Neto afirmou também que o número de inscritos para as atividades, incluindo os que aguardam vagas ou abertura de novas turmas, passou de 877 no final do ano passado para 1.437 até o início deste mês. Atualmente, o programa tem 307 alunos e participantes em 20 atividades distintas, contando para isso com oito professores voluntários e 16 empresas mantenedoras.

Convênio CIEE

Quanto à assinatura do termo de parceria com a ACP, que prorroga a manutenção do curso de informática básica, o presidente do CIEE/PR, José Ribamar Brasil dos Reis, destacou que “isso coroa o trabalho do próprio CIEE, que se inicia nos bancos escolares e continua depois que o jovem sai da faculdade”. O curso de informática do Ponto Ativo, cujas aulas são ministradas por professor cedido pelo CIEE/PR, existe há três anos e já formou 212 alunos, com idade mínima de 50 anos.

Mantenedores

As atividades do Ponto Ativo resultam de parceria entre a ACP e o CIEE/PR, Ação Voluntária, GVT, Ecco-Salva, Megatronic, Ouro Fino, Faculdades Spei, Universidade Tuiuti do Paraná, Gira Flor, AMVAP, Inter Americano, Conseg, Hype, Centro de Formação Lady&Lord, Faculdades Integradas Espírita e Livrarias Curitiba.

Créditos: Felipe Rosa 

Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa

Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa

Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa Créditos: Felipe Rosa

Créditos: Felipe Rosa