Rua São Francisco ganhou cor e arte neste domingo

A iniciativa da Associação Comercial do Paraná (ACP), em parceria com a prefeitura de Curitiba e executada pela produtora de arte Mucha Tinta com patrocínio da Sanepar, garantiu neste domingo (23) um dia cheio de arte e cor na Rua São Francisco. Por meio do projeto Arte Urbana – Memórias de Curitiba, aproximadamente 20 artistas grafiteiros embelezaram as portas de aço dos estabelecimentos comerciais do local.

O vice-presidente e coordenador do projeto, Jean Michel Galiano, disse que começou a desenvolver este trabalho há um ano com o objetivo de despoluir visualmente o centro da cidade, valorizando o trabalho dos artistas locais. O diretor financeiro da Sanepar, Dirceu Wichnieski, elogiou o projeto que segundo ele “incentiva os comerciantes a deixarem suas portas embelezadas levando arte aos olhos da população”.

Artista plástico há 15 anos, João Paulo Rotava, o “Bolacha”, fez uma homenagem ao eremita da caridade São Francisco de Paula, para ele o projeto é muito importante na divulgação dos trabalhos dos artistas, “isso aqui acaba sendo nosso portfólio”. Já Claudio Celestino, o “Dimas”, começou a grafitar nas ruas há dez anos com stencil e, no domingo reproduziu em traços livres a imagem do Barão do Serro Azul, grande empresário, produtor de erva mate e fundador da ACP.

O projeto, que foi submetido à análise do Ministério da Cultura, teve acolhido o pedido de enquadramento na Lei Rouanet, que permite a captação de recursos junto a pessoas jurídicas (4% do IR sobre a alíquota de 15% do lucro real para projetos culturais).