Secretaria da Educação e ACP oficializam concurso sobre o Barão do Serro Azul nas escolas estaduais

 Todos os alunos da rede pública estadual de ensino, de 6ª a 9ª séries, terão a oportunidade de pesquisar e aprender sobre a vida de Ildefonso Pereira Correia, o Barão de Serro Azul

O vice-governador e secretário da Educação Flávio Arns, e o presidente da Associação Comercial do Paraná, Edson José Ramon, assinaram no último dia 17, o documento oficial de lançamento do concurso “Barão do Serro Azul e sua relevância para a História do Paraná”. Cerca de 2.500 escolas da rede estadual, de 6ª a 9ª séries, irão participar do concurso, que por meio da música pretende homenagear uma das maiores personalidades paranaenses, que entre vários feitos foi responsável pela fundação da ACP em 1890. Também estiveram presentes Bernadete Zagonel, diretora cultural da ACP , Maria Cristina Theobald, chefe do Departamento de Educação Básica da Secretaria da Educação, além de alunos e professores do Colégio Estadual Tiradentes.

Para o presidente da ACP, Edson José Ramon, o lançamento do concurso orgulha a instituição, que poderá transmitir aos jovens a importância de seu ilustre fundador. “Vejo como um projeto de extrema importância na educação dos jovens, pois conhecer a vida do Barão é aprender um pouco mais sobre a história do Paraná”, afirmou. 

Segundo a coordenação de educação básica, cada escola irá selecionar uma música para participar da seleção regional.  Entre 11 e 22 de junho, uma comissão irá julgar os 32 núcleos finalistas, premiando os três primeiros colocados (alunos e professores) no dia 28 de junho.

O secretário da Educação, Flávio Arns, lembrou que o Barão do Serro Azul teve seu nome incluído no livro dos heróis da pátria e destacou o grupo de trabalho de representantes da SEED e ACP que pretende incluir o ensino sobre a vida do Barão nas escolas do Paraná.  “Nosso desejo é expandir o concurso para outras áreas da arte, como teatro e poesia, a partir do ano que vem. Também estamos desenvolvendo um grupo de trabalho para, dentro de 30 dias, conhecer o projeto de inclusão da vida do Barão na grade escolar, valorizando a rica história do nosso estado”, revelou.  O secretário também destacou a capacitação da diretora cultural da ACP, Bernadete Zagonel, doutora em música pela aclamada Universidade Sorbonne, de Paris.

Após o evento os alunos do Colégio Tiradentes foram conhecer o espaço ACP, que tem grande parte de sua historia diretamente ligada ao Barão do Serro Azul.