Seminário promove encontro de empresários paranaenses e investidores italianos

Potencial econômico, ambiente de negócios e infraestrutura serão apresentados em evento promovido pela Fiep

Empresários paranaenses interessados em parcerias comerciais com investidores italianos estão sendo convidados para o seminário Oportunidades de Investimentos Paraná-Itália, nessa terça (28) e quarta-feira (29), a partir de 8h30 no Cietep, em promoção conjunta do governo do Paraná, prefeitura de Curitiba, Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais (Concex-RI) da Associação Comercial do Paraná (ACP), APD, ICE e Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria do Paraná.

O evento terá também o apoio organizacional da Embaixada da Itália no Brasil e Consulado Geral da Itália no Paraná, Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios, Unicultura e Confederação Nacional da Indústria (CNI), além de outras entidades.

O seminário abordará questões importantes para o comércio bilateral como o programa Paraná Competitivo, a cargo de Mauro Corbellini (Secretaria de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul); promoção e atração de investimentos para o Paraná, com Carlos Alberto Gloger (Agência Paraná de Desenvolvimento); mobilidade urbana, com Fábio Scatolin (secretário municipal de Planejamento); oportunidades de investimentos em infraestrutura no Paraná por José Richa Filho (secretário estadual de Infraestrutura e Logística) e perspectivas de comércio e negócios entre Paraná e Itália, com o secretário estadual de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros.

Uma visita técnica dos inscritos no seminário a Paranaguá está marcada para quarta-feira (29), com saída às 9h da sede da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), na avenida Cândido de Abreu, 200 e retorno às 14h.

Como convidados especiais do evento deverão participar representantes das empresas italianas Impreglio (Rodrigo Souto e Massimiliano Franchini), Unicredit Group (Renzo Regini), Finmeccanica (Camilo Pirozzi), Ghella (Rocco Moccia), Rina (Stefano Socci), Enel Green Power (Marcio Trannin), Energia Nova (Alfredo Valentino), além das instituições KPMG, Banca Popolare de Vicenza, SACE e Embaixada da Itália no Brasil.