TRE quer contar com incentivo de empresas para acelerar cadastro biométrico de eleitores

Empregadores podem agendar atendimento para seu grupo de funcionários pela internet.

Em visita à Associação Comercial do Paraná (ACP), na manhã desta quinta-feira (1º), o desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), Irajá Prestes Mattar, solicitou que a entidade oriente suas empresas associadas a encaminharem seus funcionários para fazer o recadastramento biométrico, o mais breve possível. A intenção do órgão é revisar os mais de 1,3 milhão de títulos de eleitores curitibanos até janeiro do ano que vem, evitando, no entanto, filas de última hora.

De acordo com o desembargador, hoje são atendidos, em média, 4.700 eleitores por dia no TRE, sendo que a estrutura do órgão é suficiente para receber o dobro dessa demanda. “Há mais de 3 mil vagas diárias disponíveis que não estão sendo aproveitadas”, afirmou ele. Segundo Mattar, o TRE oferece, também, facilidades para quem quer se recadastrar sem comprometer seu tempo ou o dia de trabalho. Para as empresas, o desembargador recomenda o agendamento por grupo de funcionários, modalidade que agiliza o atendimento, possibilitando, ainda, a escolha do melhor dia e horário para o deslocamento. “Se agendado já, o tempo estimado para que o eleitor seja atendido com o conforto e a qualidade que merece, é de apenas 15 minutos”, garantiu. O atendimento deve ser agendado pelo site www.tre-pr.jus.br.

Sobre a solicitação, o presidente em exercício da entidade, Sinval Zaidan Machado, afirmou que a ACP está comprometida em colaborar com as ações do TRE e sugeriu, inclusive, a instalação de um posto de atendimento do órgão em frente à sede da instituição.

Punição

 Quem não regularizar sua situação no TRE até o dia 20 de janeiro de 2012, terá seu título cancelado. Ficando impedido de  votar nas próximas eleições, além de estar sujeito a outras implicações legais.

Créditos: Felipe Rosa

Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa  Créditos: Felipe Rosa