Veja o que muda com a obrigatoriedade da Nota Fiscal Eletrônica

Medida entrou em vigor na virada do ano e promete dar mais agilidade às transações comerciais do dia a dia

Quando lançada, a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) deixou muitos empresários brasileiros receosos, pois achavam que seriam “invadidos” pelo fisco com a implantação do sistema. Hoje, porém, quem pretende trabalhar corretamente, dentro das normas fiscais, não tem com o que se preocupar. Segundo afirmam especialistas do setor, a emissão do documento via internet é uma grande revolução no mundo dos negócios, pois acaba de vez com a papelada que se acumula nas empresas. Fica mais fácil, também, consultar as notas antigas e tornam-se mais raros os equívocos cometidos na emissão dos documentos.

Mas e na prática, o que muda com a obrigatoriedade da NF-e? Quem responde é a contadora Ivone Marisa Hartmann, da Câmara Setorial de Contabilidade da Associação Comercial do Paraná (ACP). De acordo com ela, o sistema traz maior agilidade e segurança às transações comerciais cotidianas eliminando principalmente a burocracia. “Com o armazenamento eletrônico, mais seguro e acessível, fica mais rápido e fácil consultar as notas. Não há mais necessidade de formulários gráficos, o Danfe (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica), por exemplo, pode ser impresso, agora, em uma folha comum. Também não é mais obrigatório manter as notas encadernadas”, disse. Ainda segundo a contadora, a NF-e reduz erros de escrituração devido à eliminação de equívocos de digitação de notas fiscais. Além disso, simplifica as obrigações acessórias, inicialmente a Nota Fiscal Eletrônica prevê dispensa de Autorização de Impressão de Documentos Fiscais – AIDF. “No futuro, outras obrigações acessórias poderão ser simplificadas ou eliminadas”, completou Ivone.

Para cumprir a medida instituída pelo governo e auxiliar seus associados a ingressar no campo eletrônico, a ACP oferece uma implantação rápida e econômica da NF-e. Fácil de operar, o aplicativo via internet funciona 24 horas por dia e pode ser acessado de qualquer equipamento com conexão banda larga ou dedicada. A entidade oferece, também, suporte permanente de dúvidas, treinamento a quem for operar o sistema, além de emitir o Certificado Digital (documento eletrônico que comprova a identidade de uma pessoa, empresa ou site, e garante a segurança das transações online) obrigatório para implantação da NF-e.

Saiba mais ligando para (41) 3320-2929 ou mandando um e-mail para sac@acp.org.br