ACP apela pelo fim da greve

Diante da persistente greve dos professores das escolas públicas do Paraná,  a Associação Comercial do Paraná vem a público manifestar o que segue:

Sem questionar o direito à livre manifestação, é imperativo o retorno imediato dos professores às salas de aula, definindo concomitantemente a forma e o calendário de reposição de conteúdos;

Não é aceitável que nossos jovens e suas famílias sejam vítimas desta queda de braços sem precedentes, prejudicando a formação da juventude paranaense.

Próximos do final de maio nossos jovens não tiveram ainda 30 dias de aulas no ano letivo de 2015, o que retira sua capacidade de competição para o ingresso nas universidades.

E, por último, um apelo aos docentes de universidades no Paraná que ameaçam também com paralisação: não prejudiquem seus alunos, suas famílias e suas férias. A greve deve ser o último recurso. Não o primeiro.

Antonio Miguel Espolador Neto

Presidente