ACP | Associação Comercial do Paraná

ACP homenageia Força Expedicionária Brasileira pelos 70 anos da Tomada de Montese

Veteranos da Segunda Guerra Mundial comemoram batalha histórica

Durante solenidade alusiva aos 70 anos da Tomada de Montese (Itália), realizada na manhã desta terça (14), em frente à Casa do Expedicionário em Curitiba, integrantes das Organizações Militares do Exército da Guarnição de Curitiba e do Cindacta II, cultuaram a lembrança dos feitos históricos ligados à Segunda Guerra Mundial.

Reconhecendo o momento significativo para a nação brasileira, na batalha deflagrada junto aos aliados que contribuiu para a rendição alemã, a Associação Comercial do Paraná (ACP), por meio de seu Conselho Político, prestou homenagem à FEB na forma de uma placa comemorativa entregue à Valderez Archegas Ferreira, presidente da Legião Paranaense do Expedicionário (LPE), em gratidão aos que lutaram e morreram na ocasião.

Pelas palavras do presidente da ACP, Antônio Miguel Espolador Neto, este foi “um sacrifício heroico e grandioso em defesa das liberdades democráticas então perigosamente ameaçadas. Sacrifício que toda a nação brasileira reconhece e reverencia”, destacou.

A conquista de Montese entre os dias 14 e 17 de abril de 1945, custou à FEB um saldo de 34 mortos, 382 feridos e 10 desaparecidos. Esta foi uma das mais sangrentas batalhas travadas por brasileiros depois da Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870).  

O evento foi presidido pelo general de Brigada e comandante da 5ª Região Militar Luiz Antônio Duizit Brito, e contou com a presença do general de Brigada e comandante da Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército Flavio Marcus Lancia Barbosa, o general de Brigada Osmario Villatore, o deputado estadual Nelson Luersen, os vice-presidentes da ACP Sinval Zaidan Lobato Machado, o consultor jurídico da ACP Cleverson Marinho Teixeira, os representantes do Movimento Pró-Paraná Paulo Roberto Brunel Rodrigues e Denir Guandalini, e o presidente da Associação Paranaense de Imprensa Rafael de Lala.