ACP | Associação Comercial do Paraná

ACP recebe homenagem na Alep

Durante sessão plenária especial da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), realizada nesta quarta (1º), por proposição do presidente da Casa, deputado Ademar Traiano, a Associação Comercial do Paraná (ACP) recebeu homenagem pelos 125 anos de fundação.

De acordo com Traiano, este é um reconhecimento “ao trabalho de idealistas que geram empregos, riquezas e divisas para o Estado do Paraná”. A entidade fundada pelo Barão do Serro Azul nos idos de 1890, completa 125 anos de uma trajetória histórica, sendo a pioneira de todas as entidades do Estado e mãe do associativismo paranaense.

Ao destacar a importância do empreendedorismo para uma nação, em especial a brasileira, pelo complicado momento que atravessa, o presidente do Legislativo estadual  disse que “muito mais importante que oferecer uma casa pronta é possibilitar que a população tenha carteira assinada, para que não seja dependente de órgãos públicos”.

Para o presidente da ACP, Antronio Miguel Espolador Neto, permanecem vivos como norteadores da missão da entidade o entusiasmo e a visão de Ildefonso Pereira Correia, o Barão do Serro Azul, que viabilizaram o ideal de reunir em torno de uma causa comum um punhado de homens empreendedores e determinados.

Além disso, a ACP historicamente tem lutado em favor dos direitos coletivos e contra a corrupção na administração pública. “A ACP jamais se furtou a ocupar sua posição nas trincheiras do civismo, da ética e do respeito ao bem público. Sempre ergueu sua voz em favor das reformas política, tributária, trabalhista e previdenciária”, lembrou Espolador. Ele também destacou “a bandeira de repúdio à corrupção – prática sombria e criminosa que assola o País”.

Espolador concluiu registrando “a indignação por tudo que estamos vendo no Brasil de hoje”, ao mesmo tempo em que colocou acima de qualquer interesse “a independência política e apartidária sempre praticadas por nossa entidade centenária”.

Prestigiaram a cerimônia o ex-governador Orlando Pessuti e o presidente da Fiep, Edson Campagnolo, os ex-presidentes da ACP Edson José Ramon e Ardisson Akel, os vices-presidentes Gláucio José Geara, Sinval Lobato Machado, Camilo Turmina e Carlos Eduardo Guimarães e Maria Cristina Coutinho;  Norman de Paula Arruda (presidente do Conselho Superior da ACP), João Paulo Koslowski (presidente da Ocepar) e o empresário Fernando Fontana, além de outros convidados.