Airton Hack assume CTF para segundo mandato

Conselho atua nas áreas tributária, trabalhista e previdenciária

O presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Antonio Miguel Espolador Neto, deu posse ao vice-presidente Airton Hack na coordenação do Conselho de Tributação e Finanças (CTF), em solenidade realizada nesta segunda-feira (17), na sede da entidade.

O evento foi prestigiado por ex-presidentes e vices da Casa, ex-ministro da Saúde Luiz Carlos Borges da Silveira, ex-secretários estaduais da Fazenda Erasmo Garanhão, Heron Arzua e Gláucio Geara, além do diretor da Coordenação da Receita Estadual, José Aparecido Valêncio da Silva e demais convidados.

O Conselho de Tributação e Finanças está completando seu terceiro ano de atividades e representa de acordo com o presidente Antonio Espolador Neto, “a importância atribuída pela ACP à defesa dos interesses dos associados e empresários em geral, especialmente dos micro e pequenos, sobretudo no que diz respeito ao sistema tributário”.

Espolador disse, ainda, que a ACP está planejando uma série de atividades para o próximo ano, “num grande esforço para atender a demanda dos associados, envolvendo não apenas o CTF, de quem esperamos contar com a irrestrita cooperação, mas de todos os conselhos da Casa”.

Otimismo no final do ano

O presidente demonstrou também otimismo com o encerramento do ano, afirmando que “a sistemática queda de vendas do varejo registrada até aqui será revertida, pelo menos em parte, pelo incremento das vendas motivadas pelas festas de final de ano”.

O coordenador do CTF, Airton Hack, que assumiu o segundo mandato (2014-2016) na direção do respectivo conselho lembrou que o mesmo “reúne em sua composição o melhor da inteligência e preparo profissional em Direito Tributário, Trabalhista e Previdenciário, atuando como órgão assessor da presidência e demais conselhos da ACP, da mesma forma que estende sua competência ao quadro de associados”.

O vice-presidente Sinval Lobato Machado, coordenador do Conselho Político, discursando no encerramento da solenidade fez um chamamento em defesa da democracia, liberdade de expressão e garantias individuais, entre outros valores da cidadania.