Black Friday não deve antecipar compras de Natal em Curitiba

O Instituto Datacenso foi às ruas nesta quinta (23), ouvir consumidores curitibanos a propósito das intenções de compra durante esta sexta (25), com relação às promoções da Black Friday.

A sondagem ouviu 200 consumidores e revelou que mais da metade deles (52%) não aguardavam a data para ir às compras. Da mesma forma, a grande maioria dos participantes da pesquisa indicou que os gastos com a Black Friday serão excedentes, ou seja, não significarão uma antecipação das compras de Natal.

Entre o percentual de consumidores que pretende adiantar a aquisição dos presentes de final de ano, 87% apontaram que a compra durante a megaliquidação será apenas parcial. Para aproveitar as promoções que podem derrubar os preços pela metade, os consumidores consultados disseram que irão até as lojas físicas 50%, internet 25% e em ambas (25%).

De acordo com o CEO do Instituto Datacenso, Cláudio Shimoyama, ainda levará certo tempo para que o consumidor faça planos de consumir especificamente durante a data. “Será necessário  investimento em comunicação para que o mercado marque a data como oportunidade de compras com bons descontos”, declarou.

Cláudio disse que, apesar disso, a Black Friday é mais um incentivo ao consumo, já que neste período de recessão o consumidor torna-se inseguro e desmotivado para ir às compras.