Comércio como indutor do desenvolvimento

 

Presidente Edson José Ramon enalteceu contribuição do comércio para o progresso econômico

No evento realizado nesta quarta-feira (16), na sede da Associação Comercial do Paraná (ACP), com o objetivo de prestar homenagens a empresários e homens públicos no transcurso do Dia do Comerciante, o presidente Edson José Ramon pronunciou o seguinte discurso:

Ensina a História da Civilização que desde os primórdios o comércio teve papel fundamental no desenvolvimento do homem e de suas primeiras comunidades organizadas.

Por assim dizer, o comércio se tornou o primeiro indutor do sistema de trocas entre seres humanos, na medida em que o interesse por vantagens econômicas, a satisfação e preenchimento das necessidades dos homens da antiguidade, começaram a despontar com maior intensidade.

É, portanto, obrigatória a constatação de que o comerciante foi um dos precursores do desenvolvimento socioeconômico da humanidade.

Isto, por que, por intermédio do comércio, as mercadorias passaram a circular e até mesmo a ultrapassar as fronteiras naturais, propiciando a integração entre pessoas e países.

No Brasil, o comércio interno e externo passou a ser realidade histórica a partir da abertura dos portos, em 1808, por decreto imperial de Dom João VI, na oportunidade, muito bem assessorado pelo estadista José Maria Lisboa, o Visconde de Cayru.  

Decorridos exatamente 145 anos, em 1953, ao exercer a presidência do Senado da República, o então senador João Café Filho, promulgou decreto instituindo o dia 16 de julho, como o Dia do Comerciante.

Particularmente, este é um dia de júbilo e gratificação para a Associação Comercial do Paraná e para toda a sociedade, pois a partir de hoje, o calendário cívico de nosso Estado passará a reverenciar a memória de Ildefonso Pereira Correia, o Barão do Serro Azul, nosso fundador e exemplo de dedicação e espírito empreendedor, como PATRONO DO COMÉRCIO PARANAENSE!

Aproveitamos este momento de intensa alegria para agradecer a novel iniciativa tomada pelo ilustre deputado Ney Leprevost, autor do projeto de lei nesse sentido.

Da mesma forma agradecemos ao governador Beto Richa, pela especial deferência que faz a esta, tornando ainda mais efusiva a data, ao aqui comparecer mais uma vez para sancionar a lei que confere ao dia 16 de julho um significado ainda mais legítimo, quando são cumpridos exatos 120 anos da morte do lendário homem de empresas.

Senhoras e senhores:

A ACP tem motivos suficientes para comemorar o Dia do Comerciante, homenageando além do governador Beto Richa e o deputado Ney Leprevost, também o deputado federal Eduardo Sciarra, pelos relevantes serviços prestados ao desenvolvimento sociopolítico do Paraná, por meio de sua profícua atuação no Congresso Nacional.

E, com toda a justiça e merecimento, a Casa do Barão do Serro Azul também homenageia nesta data, os empresários Joel Malucelli, fundador do Grupo J. Malucelli, e Reinaldo José Hain, proprietário da Agência Bicicleta, um dos mais tradicionais estabelecimentos comerciais de Curitiba.

Vale repetir que este é um dia festivo para a entidade representativa do setor do comércio e serviços. Repartimos com os dirigentes e colaboradores da ACP, e acima de tudo com seus milhares de associados, o extraordinário sucesso alcançado!