Comércio Vivo tem encontro no Boqueirão

Projeto pretende consolidar a presença da ACP nos bairros de Curitiba
O Conselho de Bairros do Comércio Vivo da Associação Comercial do Paraná (ACP), dentro do projeto Conselho Permanente dos Bairros, realizou nessa quinta-feira (3) um jantar de confraternização com os comerciantes integrados à Associação dos Empresários do Grande Boqueirão (Emgrab).

Os participantes foram recepcionados pelos presidentes Edson José Ramon (ACP) e Cyda Villa Nova (Emgrab), além dos vices-presidentes José Eduardo Moraes Sarmento, Camilo Turmina e Gláucio José Geara. O coordenador do Comércio Vivo, Jean Michel Galiano, na ocasião foi representado pela gerente de Relações Institucionais Iroclê Wykrota e pelo assessor especial Walter Xavier. O vereador Chico do Uberaba também prestigiou o evento.

Em torno de 80 empresários do comércio e serviços do Grande Boqueirão participaram do jantar no restaurante Matri Grill, sendo saudados pelos presidentes Cyda Villa Nova e Edson Ramon, recebendo também orientações sobre projetos e serviços prestados pela entidade, entre eles a atuação dos vários conselhos e câmaras setoriais e do Espaço do Empresário, que está aberto a todos os interessados.

Falando em nome da Fomento Paraná, agência repassadora de crédito do governo estadual, Richard de Andrade Matos, descreveu as modalidades de acesso a financiamentos por micro, pequenos e médios empresários, a juros reduzidos e condições facilitadas para o pagamento.

Ciclofaixas
A Associação dos Empresários do Grande Boqueirão (Emgrab), desde março desse ano mobilizou os comerciantes estabelecidos na Marechal Floriano, tendo em vista os impactos negativos sobre as vendas depois da implantação das faixas para ciclistas, reduzindo drasticamente as vagas de estacionamento.
A entidade não é contrária à instalação das faixas, mas decidiu questionar as autoridades municipais quanto ao fato de que o tema não foi previamente discutido com comerciantes e usuários.

Segundo informações da presidente Cyda Villa Nova, a entidade aguarda a manifestação prometida pela direção do IPPUC quanto à reformulação do referido projeto.