ACP | Associação Comercial do Paraná

Conselho da ACP defende apoio federal às universidades estaduais

ACP recebe o secretário da Seti para almoço e apóia Investimento e Inovação nas faculdades estaduais

O secretário de Estado da Ciência e Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, participou de um almoço nessa segunda-feira (16), com a área técnica do Conselho Político da Associação Comercial do Paraná (ACP), para debater a federalização das universidades estaduais. Para o secretário, que já ocupou os cargos de reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa e presidente da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), a proposta consiste em promover a participação do governo federal no financiamento das universidades estaduais e municipais.

O investimento no ensino das universidades estaduais é mais uma bandeira defendida pela ACP, explica o vice-presidente e coordenador do conselho, Gláucio José Geara. “O objetivo da ACP é reunir-se o quanto antes com o ministro da Educação Aloizio Mercadante e toda a bancada dos deputados paranaenses para dar agilidade a esse processo”.

Na ocasião o titular da Seti falou sobre os dados fornecidos pela Abruem, que  congrega 42 universidades públicas estaduais e municipais, distribuídas em 22 Estados, com  população  aproximada de 700 mil alunos regularmente matriculados e 43.269 docentes.

O secretário explicou que o custo por aluno nas universidades federais é de R$18 a 20 mil por ano, e que a meta é descontar 10% desse valor para custear as universidades estaduais.  Gomes reconheceu a importância da atuação conjunta dos sistemas produtivo e acadêmico,  citando como exemplos positivos os programas  Bom Negócio, Universidade sem Fronteiras, Universidade Virtual e Parque Tecnológico.

O secretário entregou ao coordenador do Conselho Político, uma solicitação de apoio da entidade e demais parceiros para levar adiante a proposta. “É muito importante a parceria do setor produtivo em acreditar e investir no ensino, pois só assim o País poderá desenvolver com sua própria gente essa causa nacional”, concluiu.

O vice-presidente Odone Fortes Martins sugeriu que a ACP promova no mês de novembro o 1° Seminário da Universidade Empreendedora para divulgar e pedir apoio a iniciativa.