ACP | Associação Comercial do Paraná

Curitiba receberá recursos federais para construção e reformas de banheiros públicos

Demanda antiga do Centro Vivo e dos comerciantes da região central deve ser atendida com recursos do Ministério do Turismo (Mtur)  

A Prefeitura Municipal de Curitiba anunciou que pediu à Câmara Municipal a autorização para abertura de crédito para execução de diversas obras de acessibilidade como reformas, melhorias em pontos turísticos e equipamentos urbanos e banheiros públicos. Estes recursos advêm do governo federal por meio de convênio firmado em 2012 com a Prefeitura e o Ministério do Turismo que prevê obras em infra-estrutura nas cidades que vão receber os jogos da Copa do Mundo de 2014.  

Estes investimentos, que somados chegam a 7.727.873,51, foram divididos entre R$ 7,1 milhões a serem repassados pelo Ministério do Turismo para a Prefeitura de Curitiba a fundo perdido e os R$ 618.229,88 restantes devem ser pagos pelo Município. Deste valor, estão previstos mais de R$ 2 milhões para obras e reformas dos banheiros públicos em pontos da região central. De acordo com a Prefeitura, no processo de licitação estes valores devem baixar.

A questão dos banheiros públicos é uma reivindicação antiga dos comerciantes da região central de Curitiba. O tema já está em pauta no Centro Vivo há pelo menos 8 anos, quando no 1º Seminário Habitacional realizado em 2005, o então empresário e conselheiro Antônio Espolador Neto manifestou junto às autoridades e representantes do poder público a importância da revitalização, reforma e manutenção dos banheiros públicos da região para valorização do comércio e apoio aos turistas, comerciantes e transeuntes que passam pelo centro todos os dias. Em 2012, a ACP promoveu um encontro com representantes do IPPUC em que foi apresentado o projeto de revitalização dos banheiros. Neste mesmo ano, o Centro Vivo enviou um ofício no qual cobrava um posicionamento a respeito do início das obras contempladas no projeto.

 Em 2013, o tema dos banheiros públicos voltou a ser discutido junto ao poder público por meio da coordenação do Centro Vivo na figura do vice-presidente da Associação Comercial do Paraná, Jean Michel Galiano com o apoio da Gestora de Relações Institucionais, Iroclê Wykrota. O trabalho conjunto faz parte das atividades do grupo Força Tarefa que mensalmente reúne-se com os secretários municipais e estaduais e demais autoridades na busca por posicionamentos e ações referentes aos projetos de melhoria e infra-estrutura da região central e também dos bairros representados pelo Conselho de Bairros.

A notícia dos investimentos em reforma, obras de acessibilidade e melhorias nos banheiros públicos foi recebida com satisfação pelo Coordenador do Centro Vivo, Jean Michel Galiano, que reforçou que “a ACP tem o papel de reinvidicar melhorias que beneficiem  diretamente e indiretamente o comércio de rua.” Além disso, Jean Michel Galiano destaca também que todos saem ganhando com a realização destas obras nos banheiros públicos da capital.

“O maior patrimônio de uma cidade é valorização. Esta obra propiciará  conforto e atende às questões de acessibilidade. Com isso, o centro torna-se um local viável e possível para que as pessoas tenham na região suas compras, seu lazer e seu lugar de encontro”.

De acordo com o site da Prefeitura Municipal de Curitiba, o investimento deve atender:   

A construção de banheiros acessíveis e convencionais, banheiro família, fraldário, salas para café/confeitaria, espaço para descanso, sala de leitura e administração, que servirão de apoio a turistas com deficiência, idosos e população em geral no entorno na Praça Carlos Gomes.

CONVÊNIO SICONV/769575/2012/MTUR/CAIXA – Valor: R$ 1.190.000,00

Obras de acessibilidade em banheiros públicos, incluindo reforma, adaptação e ampliação dos banheiros no Memorial de Curitiba, nas praças Osório e Rui Barbosa, Passeio Público, Terminal Guadalupe, Arcadas do Pelourinho e na Praça João Cândido (Setor Histórico).

CONVÊNIO SICONV/769551/2012/MTUR/CAIXA – Valor: R$ 1.128.000,00