ACP | Associação Comercial do Paraná

ACP nos Bairros vai a Santa Felicidade

Comerciantes de Santa Felicidade participaram, na noite desta quarta (3), de jantar em celebração à ação ACP nos Bairros, que nesta segunda edição esteve instalada no tradicional bairro gastronômico da cidade. Durante o evento, o presidente da ACP, Antonio Miguel Espolador, foi presenteado pela presidente da Associação Comercial e Industrial de Santa Felicidade (Acisf) Ana Lucia Moro e os vices Beto Madalosso e Soraia Bertoli, com com uma escultura em resina do monumento Portal de Santa Felicidade.

“A ACP é a nossa grande parceira, entidade com a qual temos queremos fortalecer cada vez mais nossos laços. A partir de agora seremos revendedores do Certificado Digital a todos os empresários, que agora poderão adquirí-lo com mais facilidade no nosso bairro”, declarou Ana.

Ana apresentou um balanço sobre as atividades desenvolvidas ao longo do ano pela Acisf, bem como apresentou os novos projetos para 2015 para o bairro que representa. “Temos estudos encaminhados para abertura de novas vias e revitalização da Avenida Manoel Ribas”, destacou.

O projeto ACP nos bairros, liderado pelo Centro Vivo da ACP e o setor de Novos Negócios da entidade com o apoio da Fomento Paraná, busca levar os serviços da entidade para mais perto dos seus associados, além estender o seu alcance em Curitiba. Para Alberto Postai Junior, coordenador regional do Comércio Vivo em Santa Felicidade, Mercês e São Braz, o objetivo é também “desmistificar o associativismo da ACP, atuante como uma peça da comunidade que, muito mais oferecer a consulta de crédito, oferece cursos de apoio ao associado, além de representá-lo perante a sociedade”, disse. 

Para falar ao público presente sobre as vendas de fim de ano, o ex-secretário da Fazenda e palestrante Heron Arzua alertou que paranaenses devem aproveitar para adquirir produtos neste Natal, pois “os impostos do Paraná, que são menores em relação ao restante do país passarão a ter paridade com as alíquotas dos demais Estados a partir de abril de 2015.”