ACP | Associação Comercial do Paraná

Gestão de Marketing Digital faz toda a diferença para as pequenas e médias empresas

Ademir Lara, consultor e especialista em marketing digital, esteve presente na ACP para falar sobre a importância do marketing digital para pequenas e médias empresas. Para um auditório lotado, Lara explanou sobre as dificuldades, necessidades e iniciativas que um empresário de pequeno e médio porte deve ter ao investir nessa área.

Para Ademir, os empresários, independente do seu tamanho, devem passar por um processo de conscientização, para principalmente aprimorar resultados e tirar o atraso. “É como se tivéssemos que entrar em uma via a 100km/h, e nós só estamos a 30km/h”, afirma. Oito entre 10 empresas não estão preparadas. Eu já estive em empresas grandes, consolidadas e importantes, em que a grande ideia deles era apenas ‘lançar uma fanpage’, quando temos hoje disponíveis uma série de ferramentas para o incremento do marketing digital”, disse

NEGÓCIOS NA ERA PÓS-DIGITAL

Segundo Ademir Lara, estamos na era pós-digital, em que a tecnologia é incorporada ao hábito e vice-versa, fazendo com que as práticas digitais tornem-se indispensáveis. “Somos impactados por comunicação digital o tempo todo, e ela nunca está em um tipo de mídia só. Você vê algo na rua, de repente você já pegou o celular para pesquisar mais sobre que viu na rua, e assim vai, em uma velocidade absurda”, afirma.

Lara ainda alerta para a demanda que o ambiente digital pode trazer para as empresas. “Negócios web ficam abertos 7 dias por semana e 24 horas por dia, isso porque a internet não tem horário de expediente. O cliente vai querer tirar dúvida do seu produto domingo, de noite, de madrugada. Se o empresário não estiver preparado para atender essa demanda ou, pelo menos, disposto e engajado com essa demanda, ele está frito”, alerta.

Ademir faz esse alerta tendo como base a mudança do perfil do consumidor contemporâneo. “O empresário precisa entender que ele irá vender para pessoas que sabem comprar. Diferente do século passado, o consumidor sabe mais do seu produto do que seu próprio vendedor, isso graças a fóruns, grupos de interesse, ferramentas como Reclame Aqui, entre outras”.

GESTÃO DE MARKETING 

Para tranquilizar o espírito do empresário que, ao ser alertado desta forma, pensa que terá que gastar rios de dinheiro em uma estratégia de marketing online, Ademir aborda o tema não pela perspectiva do dinheiro, mas sim, da gestão de recursos e uso. “Em vez de escolher um único canal e focar nele, o empresário acaba escolhendo vários canais, e não cuida de nenhum. Ele pode ter um Facebook em dia, mas tem um site que não é atualizado há três anos, Instagram que ninguém mexe há mais tempo ainda. Isso acaba atolando toda e qualquer estratégia”, afirma.

DICAS PARA ENTRAR NO MUNDO DIGITAL

De acordo com Admir Lara, o pequeno e médio empresário precisa conscientizar-se de 5 pontos para entrar no mercado digital. São eles:

1º – Vá para internet. Entre no mercado digital. O ambiente virtual hoje é comum a todos. Mesmo que seu objetivo não seja a venda direta, a presença digital se tornou um grande influenciador no momento de decisão do consumidor.

2º – Faça! Você e sua empresa têm o mesmo acesso às ferramentas que as grandes corporações têm. Tire da cabeça que é caro. A única diferença é que as grandes empresas dispõem de recursos para investir em equipe. Uma gestão coesa das ferramentas faz toda a diferença.

3º – Tenha uma receita previsível para os esforços em comunicação. Seja sensato com seu bolso e com aquilo que você pode realmente fazer no ambiente digital, para evitar gastos desnecessários ou, até mesmo, gastando mais do que se deve.

4º – Marketing digital é como um filho: é necessário cuidar com carinho e atenção. Se a ideia for pagar para uma agência fazer, procure bem e veja os resultados que essa agência proporciona, pois várias delas fazem a mesma coisa que qualquer um faz: pega um panfleto e transforma em post, e vice-versa. Entre os dois, panfleto e post, existe um abismo de diferenças, desde linguagem até aplicação.

5º – O mercado online é dinâmico. Deve-se estar atento ao que está acontecendo. As ferramentas mudam, migram, se juntam, se separam, tudo isso em uma velocidade monstruosa. Para saber o que está acontecendo, é necessário estar próximo.