ACP | Associação Comercial do Paraná

Maioria dos paranaenses que vão sacar o FGTS pretendem quitar dívidas

Os trabalhadores já podem optar pelo saque-aniversário a partir desta terça-feira (01), com a liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Uma pesquisa da Datacenso, realizada com exclusividade para a Associação Comercial do Paraná, revela que 50% dos paranaenses entrevistados vão sacar o benefício. Dentre os pesquisados que sacarão o FGTS, 45% pretendem quitar suas dívidas, enquanto 30% irão poupar, 15% vão realizar compras em geral e o restante fez outras citações.

Em contrapartida, dos 50% entrevistados que não farão saques do FGTS, 41% deles não têm direito ao benefício, pois não contribuem para ele, 46% têm direito, contudo se mostraram desinteressados em fazer os saques e os demais deram respostas diversas.

De acordo com a Caixa, o saque-aniversário não está vinculado ao saque-imediato. São duas modalidades diferentes para saque do FGTS. O saque-aniversário começa a ser opcional a partir do ano que vem, mas quem sacar valores do FGTS na data de aniversário, não terá direito à integralidade da garantia no momento da demissão. Já o saque-imediato já está sendo disponibilizado para clientes da Caixa Econômica e nesta modalidade pode-se sacar R$ 500,00 de cada conta do FGTS, no máximo. O trabalhador pode sacar qualquer um dois ou ainda nenhum deles. As opções estão disponíveis pelo aplicativo ou na página fgts.caixa.gov.br. Para saber a data de saque é preciso consultar o calendário divulgado nos canais do banco.

Na pesquisa Datacenso/ACP realizada em setembro passado, 751 pessoas foram entrevistadas, com 4% margem de erro e 95% de grau de confiança.