ACP | Associação Comercial do Paraná

Recuperação de crédito em 2019 tem números positivos, segundo pesquisa Boavista/ACP

Os números de recuperação de crédito em Curitiba, Cascavel, Londrina e Maringá, medidos pela Boavista, a quem a Associação Comercial do Paraná representa com exclusividade no estado, apresentaram crescimento durante o ano de 2019. Maringá e Curitiba apresentaram os números mais expressivos de redução de devedores em 2019, com índices de 6,8% e 6,7% respectivamente. Já Londrina apresentou o menor índice de recuperação de crédito das quatros cidades com um índice de 3,8% neste ano.

No comparativo de abril deste ano com abril de 2018, a maior recuperação de crédito foi registrada em Cascavel, com um índice de 14,4%. Curitiba teve o menor índice neste quesito, com índice de 9,9%. Fazendo a comparação de abril de 2019 com o último mês de março, Curitiba Cascavel e Maringá apresentaram números positivos, enquanto Londrina apresentou ligeira queda de 0,1%, ou seja, teve um ligeiro crescimento no número de pessoas que não conseguiram pagar suas contas em dia.

Em relação à inadimplência, a pesquisa da Boavista/ACP, teve o maior crescimento no número de consumidores inadimplentes no ano de 2019 em Maringá, com aumento de 1,1%, seguida de perto por Curitiba com crescimento de 0,9%. Londrina apresentou queda na quantidade de pessoas que não conseguiram pagar suas contas em 2019 na ordem de 0,5%.

No comparativo de abril de 2019 com abril de 2018, Curitiba, Londrina e Maringá tiveram queda no número de devedores, enquanto Cascavel cresceu o número de inadimplentes em 1%. Já comparando abril de 2019 com março, também de 2019, houve queda de consumidores inadimplentes nas quatro cidades.

O indicador de registro de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas e o indicador de recuperação de crédito é elaborado a partir das exclusões de registros informadas à Boa Vista/ACP pelas empresas credoras.