ACP | Associação Comercial do Paraná

Vendas de Páscoa caem mais que o esperado em Curitiba

Valor total do presente diminuiu de R$ 100 para R$ 88 em média

A expectativa para as vendas da Páscoa 2015 em Curitiba, que já era negativa, revelou consumidores ainda mais cautelosos, de acordo com a pesquisa da Associação Comercial do Paraná (ACP) realizada pelo Instituto Datacenso. A queda real foi de 22% , acima dos 16% divulgados pela sondagem anterior, revelando que 72% dos 200 comerciantes ouvidos declararam vendas inferiores em comparação à Pascoa do ano passado. A estimativa do valor gasto pelo consumidor também caiu de R$ 100 para R$ 88, sendo que cada cliente adquiriu a média de quatro presentes.

Ovos (64%) e caixas de bombom (47%) dividiram a preferência de compra dos consumidores, seguidos de barras de chocolate (20%) e outros (4%). A forma de pagamento à vista em dinheiro (14%), a mais utilizada pelo consumidor anteriormente, vem perdendo espaço para as compras parceladas no cartão de crédito (33%) e à vista, na mesma modalidade (28%), sendo que o pagamento em cheques e carnês quase não foi utilizado (2%).

Apesar da alta nos preços do varejo, apenas 46% dos 200 consumidores ouvidos fizeram pesquisa de mercado buscando a melhor oferta, 50% não pesquisou e 11% pesquisaram na internet e tabloides. A sondagem apontou que o consumidor curitibano presenteou quatro pessoas ao valor individual de R$22. Para isso, a maior parte dos entrevistados foi às compras com um dia de antecedência (33%), três dias (31%), sete dias (19%), 15 dias (11%) e 6% no dia.

A diminuição de vendas para a data vem sendo observada desde 2014, quando o índice atingiu 7% de queda. Os dados de 2016 foram coletados entre os dias 28 e 29 de março.