Vendas para o Dia das Crianças devem apresentar leve melhora em Curitiba

 O comerciante curitibano revelou estar confiante quanto às vendas motivadas pelo Dia das Crianças, segundo revelou pesquisa ACP/ Datacenso, que ouviu 200 comerciantes e 200 consumidores da capital entre 20 e 21 de setembro. Para 45% dos empresários ouvidos, o movimento deve se manter estável com relação ao volume de vendas do ano passado, com aumento de 8% no ticket médio, podendo chegar a R$111.

Para 36% dos comerciantes consultados, as vendas devem ser superiores às do ano passado e para 19%, inferiores. A previsão é positiva, já que anteriormente, em 2016 com relação a 2015, houve queda real de 12% nas vendas para a data.

Entre os consumidores que pretendem ir às compras, a maioria presenteará uma criança (60%), duas (20%), três (11%), quatro (4%), cinco (4%), e seis ou mais (1%). As opções mais mecionadas devem ser por brinquedos tradicionais, como carrinho e bonecas (35%), roupas (33%), dinheiro (8%), eletrônicos (7%), bicicleta (5%), videogame (3%), celular/ tablet (3%), calçados (3%), hand-spinner (2%), joia/ relógio (2%), perfume/ cosmético (1%), passeios/ parque de diversão (1%), livros (1%), chocolates (1%), outros (3%), não sabe ainda (8%).

Para o CEO do Instituto Datacenso, Claudio Shimoyama, o otimismo demonstrado pelos números é explicado pela melhora da economia e do desempenho dos indicadores econômicos como a queda da inflação, diminuição da taxa de juros, queda da inadimplência e melhora no nível de emprego.

No caixa

Entre as formas de pagamento preferidas dos consumidores para o Dia das Crianças, a forma parcelada no cartão de crédito aparece em primeiro lugar (45%), seguido por débito no cartão de crédito (25%), cartão de crédito à vista (15%), em dinheiro (11%) e no carnê/ crediário da loja.

Perfil

Quanto ao perfil do consumidor curitibano entrevistado, mais da metade pertence ao gênero feminino, com faixa etária de 26 a 45 anos, com renda familiar entre R$1874 a R$4685. Já os comerciantes que participaram da sondagem possuem cargo de gerência (81%) ou são sócios proprietários (19%) de microempresas com até nove funcionários (62%).

Vendas para o Dia das Crianças devem apresentar leve melhora em Curitiba