ACP | Associação Comercial do Paraná

Vice-presidente Paulo Brunel assume Câmaras Setoriais

O novo coordenador do Conselho das Câmaras Setoriais da Associação Comercial do Paraná (ACP), o vice-presidente Paulo Brunel, foi empossado nessa quarta-feira (16) em cerimônia rápida conduzida pelo presidente Antonio Miguel Espolador Neto, que solicitou a aclamação de uma salva de palmas para o dirigente.

Brunel, que está há 15 anos envolvido em diversas atividades nos conselhos da entidade, sendo atualmente um dos vice-presidentes, substitui o vice-presidente Ivo Petris na coordenação do Conselho de Câmaras Setoriais, transferido para a mesma função no novo Conselho de Economia e Finanças, criado recentemente.

Espolador agradeceu o trabalho realizado pelo antigo coordenador no primeiro semestre do ano, afirmando que seu deslocamento para o novo conselho “deu-se em função de sua longa experiência nos setores da economia e do comércio”, ao mesmo tempo em que desejou sucesso ao plano de trabalho do vice-presidente Paulo Brunel “à frente de um conselho que é a verdadeira porta de entrada do empreendedor na ACP”.

O evento foi prestigiado pelos vereadores Hélio Wirbiski, Jonny Stica e Luiz Felipe Braga Cortes, da Comissão de Urbanismo da Câmara Municipal de Curitiba, que debateram com os presentes aspectos do projeto do Plano Diretor de Curitiba, “cujo prazo para sugestões e emendas será encerrado nessa quinta-feira (17), com a última audiência pública da série de cinco realizadas pela respectiva comissão”, segundo Wirbiski.

O relator Jonny Stica se referiu às emendas ao projeto de lei com base em sugestões apresentadas pela ACP em benefício do comércio, como bilhete único, regulamentação da construção de edifícios conjugados para moradia e atividade comercial, áreas de estacionamento, pólo gastronômico, painéis luminosos, entre outros temas.

O projeto de lei do Plano Diretor de Curitiba, que elabora a política pública de planejamento urbano da cidade para os próximos dez anos será votado pelos vereadores no final de setembro, devendo então ser encaminhado à sanção do prefeito Gustavo Fruet.