55% das empresas demandarão mais crédito para fazer novos investimentos, aponta pesquisa da Boa Vista SCPC

A pesquisa, realizada trimestralmente, identifica a percepção dos empresários do ponto de vista econômico e as perspectivas ao longo do ano

34% das empresas entrevistadas no 1º trimestre de 2018, pela Boa Vista SCPC e divulgadas pela Associação Comercial do Paraná (ACP), em sua Pesquisa Percepção Empresarial, informaram que pretendem demandar mais crédito este ano na comparação com 2017. Deste montante, 55% alegaram que o principal motivo do aumento da demanda por crédito será para realizar novos investimentos em seus negócios. Já 29% usarão a renda para alavancar o capital de giro e outros 16%, para o pagamento de empréstimos.

Quando divididos por setor, 35% das empresas do Comércio e de Serviços demandarão mais crédito em 2018, contra 31% da Indústria. Por região, a quantidade de empresas que buscarão mais crédito será menor no Sudeste (33%) e Sul (24%), em comparação às demais: Norte e Nordeste (42%) e Centro-Oeste (44%). Quando observado o recorte por setor, a preocupação também será maior no uso do crédito para investimentos, em detrimento do capital de giro e pagamento de contas.

Ainda em relação às empresas que demandarão mais crédito este ano, 36% delas esperam que a taxa de juros seja menor que as praticadas em 2017. Para 26% as taxas serão iguais e para 22% maiores. Na análise por segmento, a expectativa de contratar empréstimos com taxas menores é maior entre a Indústria (47%), seguido do Comércio (43%) e Serviços (30%).

A Pesquisa Percepção Empresarial da Boa Vista identificou ainda que 54% dos empresários entrevistados se disseram confiantes no aumento dos investimentos ao longo do ano. O setor de Serviços (57%) registrou maior otimismo na comparação ao Comércio (54%) e Indústria (51%).

63% das empresas esperam que o faturamento cresça em relação ao ano passado. As grandes empresas são as mais otimistas neste quesito, esperando um aumento na receita de 76% em 2018. Por setor, o de Serviços (65%) registra maior otimismo, seguido do Comércio (62%) e Indústria (59%).

37% das empresas declaram que a inadimplência deverá ficar no mesmo patamar que a registrada em 2017. Ela deverá cair na opinião de 30% dos empresários. Para outros 20% apresentará crescimento. O setor de Serviço mantém o otimismo frente aos demais segmentos e espera queda de 32% na inadimplência, contra 31% do Comércio e 22% da Indústria.

De modo geral, 38% declaram que o nível de endividamento das empresas deverá diminuir ao longo de 2018, comparado ao ano anterior. Para 30% ficará igual e para outras 14% irá aumentar.

Metodologia

A Pesquisa Percepção Empresarial, da Boa Vista, busca identificar a visão dos empresários do ponto de vista econômico ao longo do ano. Para a coleta das informações foi utilizada a metodologia quantitativa por meio de questionário eletrônico via internet, no período de 02 a 27 de abril de 2018. O universo da pesquisa é representado por empresas dos diferentes setores de Comércio (atacadista e varejista), Serviços, Indústria, Construção Civil e Instituições Financeiras.