ACP assina termo de cooperação com a Câmara de Comércio França-Brasil

Empresas paranaenses e francesas terão canal aberto de negociação bilateral

A ACP por meio do Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais (Concex-RI), a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) e a Câmara de Comércio do Brasil na França (CCBF), assinaram no início da tarde dessa segunda-feira (7), um termo de cooperação.

O documento visa a promoção das relações bilaterais nas áreas comercial, financeira e econômica, como também em ciência e tecnologia. Segundo um dos itens do plano de ação “os parceiros manterão contato permanente para estimular o processo de desenvolvimento das relações de amizade, de cooperação econômica e comercial entre as empresas francesas e as do Estado do Paraná”.

Na ocasião o presidente Edson José Ramon, da ACP, revelou que a assinatura do convênio com a CCFB dá continuidade a um trabalho iniciado no ano passado, quando representantes da Associação Comercial e da Fiep integraram a missão comandada pelo governador Beto Richa, que visitou a França. Ramon destacou a importância da continuidade desse trabalho, que segundo ele, resultará em desenvolvimento para o Estado. “Precisamos dar continuidade ao trabalho, pois o Paraná é um ponto estratégico para as empresas francesas interessadas em fazer negócios no Brasil”, disse.

 Novas perspectivas

Segundo o presidente da Fiep, Edson Luiz Campagnolo, a aproximação com a CCFB será importante, principalmente, para alavancar a realização de negócios. “O Sistema Fiep tem cooperação com a França em diversos níveis, mas é importante que essa relação resulte em negócios para as indústrias paranaenses”, declarou. “Por isso consideramos este convênio importante, ainda mais porque o Paraná já abriga muitos investimentos de empresas francesas e podemos fortalecer ainda mais essa relação”, completou.

O presidente da (CCFB) no Paraná, Joaquim Ferraz Martins Filho, disse que o convênio pode resultar em novas perspectivas para empresários franceses interessados em investir no Estado. “Este certamente será um importante canal de comunicação entre nossas entidades e prováveis investidores franceses”, ressaltou.

Participaram da solenidade de assinatura do convênio o vice-presidente e coordenador do Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais, Carlos Eduardo Guimarães, o conselheiro do Concex-RI, Eduardo Pereira Guimarães, o conselheiro da Câmara de Comércio do Brasil-França, Joseph Galiano e a cônsul honorária da França, Emilie Brosse Dely.