ACP | Associação Comercial do Paraná

ACP incentiva denúncias contra feiras itinerantes do Brás

A Associação Comercial do Paraná (ACP), por meio do Conselho de Bairros do Comércio Vivo e Centro Vivo,  em reunião com órgãos de segurança pública municipal, com a participação do vereador Chico do Uberaba, tem somado forças para tentar coibir o funcionamento das feiras irregulares itinerantes do Brás, organizadas em Curitiba desde o final do ano passado. A solicitação da entidade é de que comerciantes e a população em geral, ao tomarem conhecimento antecipado ou até mesmo durante a realização dos eventos, denunciem à Guarda Municipal pelos telefones 153 e 3350-3955.

O chefe do Centro de Operações Policiais Militares (Copom), Major Olavo Vianei Nunes, alerta a população de que tais feiras, além de irregulares, implicam em crimes cometidos na capital. “Eles se instalam aos finais de semana, furtam energia para abastecer as barracas e tiram proveito da deficiência da segurança para permanecerem impunes”.

Um dado preocupante é o fato de os organizadores das feiras estarem divulgando os eventos pela TV, rádio e carros de som para chamamento do público. Isso demonstra a falta de informação sobre a licitude das feiras. Diante disso, segundo o fiscal da prefeitura Marcelo Bremer, a solução para o problema seria agregar organismos públicos e privados para que o movimento contra as feiras ganhe força. Neste sentido, a participação da população é indispensável se possível, comunicando com antecedência a realização das feiras.

O vice-presidente da ACP e coordenador das Câmaras Setoriais, Camilo Turmina, destacou que a entidade defende a concorrência e a livre iniciativa, dentro dos requisitos exigidos pela legislação. Ele lembrou que “para que um comércio se estabeleça é necessário efetuar pagamento de impostos e , entre outras exigências, o respeito absoluto aos direitos do consumidor”.