ACP lança projeto para disseminar ética e cidadania nas escolas de 1º grau

Com base em personagens criados por Maurício de Souza crianças terão noções de comportamento cívico

 

O Conselho Político da Associação Comercial do Paraná (ACP) em parceria com a Controladoria Geral da União (CGU), e os clubes de serviço Lions e Rotary Internacional, lançou nessa segunda-feira (23), o projeto “Um por todos, todos por um”, em solenidade com a presença do presidente Antonio Miguel Espolador Neto, das secretárias da Educação, respectivamente, Ana Seres Trento Comin (estadual) e Roberlayne Borges Roballo (municipal), no ato representando o governador Beto Richa e o prefeito Gustavo Fruet.

Participaram também do evento o vice-presidente Sinval Lobato Machado, coordenador do Conselho Político, os diretores do Lions, Marco Túlio e do Rotary, Herbert Moreira, além do médico João Carlos Lima, responsável pelas atividades do Instituto Maurício de Souza no Paraná, uma das instituições diretamente envolvidas no referido projeto, cuja finalidade é disseminar a prática da ética e cidadania entre crianças em idade escolar em escolas públicas e particulares.

Além de integrantes dos clubes de serviço e profissionais da educação sensibilizados pela causa do incentivo à prática da ética e cidadania entre alunos matriculados nas escolas de 1º grau, se fizeram presentes o diretor da CGU no Paraná, Moacir Rodrigues de Oliveira, acompanhado por Cláudia Taya e Demiam Bertozzi, também da instituição federal, o promotor Eduardo Salomão Cambi, representando o Ministério Público Estadual e o presidente do IDL, Edson José Ramon.

Na abertura do evento, o presidente Antonio Miguel Espolador Neto advertiu que “o futuro do Brasil está na educação”, justificando o gesto do Conselho Político ao selar a parceria entre a ACP, CGU, Lions e Rotary Internacional, além de contar com o apoio das secretarias da Educação do Estado e do município, “com o nobre objetivo de disseminar entre crianças e adolescentes o comportamento ético que desperte a verdadeira cidadania”.

Espolador garantiu que “esse é o caminho mais eficaz para a preparação dos jovens para serem os cidadãos do futuro”, ratificando que a ACP “estará sempre presente e atuante no resgate do compromisso de trabalhar por um Brasil melhor”.

O médico João Carlos Lima deu informações sobre a atuação do Instituto Maurício de Souza em nosso Estado, sublinhando que o material didático utilizado pelos instrutores do projeto “Um por todos, todos por um” nas escolas, é ilustrado com as personagens mais queridas de suas histórias em quadrinhos.

Os representantes da CGU, que concebeu o projeto e o colocou à disposição das escolas públicas e particulares de todo o País, resumiram os objetivos fundamentais do plano, assim como os diretores do Lions e Rotary Clube. O rotariano Herbert Bernardino asseverou que “o futuro está em nossas mãos, mas o mundo será melhor se tiver pessoas melhores”, ao passo que Marco Túlio apelou aos clubes no sentido da adoção de escolas na capital e cidades do interior paranaense “a fim de espalhar essa bagagem de ética e cidadania”.