ACP | Associação Comercial do Paraná

ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba

A série de sabatinas com o candidatos à prefeitura de Curitiba teve início nesta terça (30), na Associação Comercial do Paraná, com os concorrentes ao cargo Xênia Mello, que foi representada pelo candidato a vice Rodolfo Jaruga (PSOL) e Ademar Pereira (PROS). O evento público e aberto a associados e população, é uma realização do Conselho político da entidade, coordenado por Sinval Lobato Machado, em parceria com o Instituto Pró-Paraná,  Instituto Democracia e Liberdade (IDL) e Instituto dos Advogados do Paraná.

O presidente da ACP em exercício, Gláucio Geara, entregou aos candidatos um documento contendo a súmula do pensamento político da casa e a apresentação das ideias e planos de governo para o município da capital. “Para esta eleição foram consultadas as nossas diretorias, conselhos e associados que emitiram posicionamentos, a partir dos quais foram elaborados os documentos “Mais Curitiba” e “A Curitiba que Queremos”, disse.

Ele destacou que a ACP “é uma entidade apartidária, que não conta com nenhum tipo de subsídio financeiro do governo, e por este motivo pode agir como entidade independente” ao trazer os visitantes para debater as propostas para administração da cidade.

Rodolfo Jaruga defende descentralização de recursos

Representando a candidata  Xênia Mello (PSOL), o vice da coligação Frente de Esquerda, Rodolfo Jaruga, apresentou o plano de governo abordando principalmente propostas de política social e econômica. Xênia e Jaruga são servidores públicos, ela no âmbito federal e ele estadual, tendo atuado no Tribunal de Justiça há 10 anos. “Xênia tem envolvimento de longa data na luta pela emancipação da mulher e eu sempre estive envolvido em assuntos de reforma urbana, mobilidade e habitação”, revelou.

De acordo com o candidato, o PSOL luta para que haja maior equidade na distribuição de renda e riquezas entre a população. Defendendo o estímulo à economia a partir do desenvolvimento gerado pelo comércio, o candidato se propõe a apoiar os micro e pequenos empresários do comércio periférico dos bairros e incentivar o empreendedorismo ao implantar uma política de tributos progressiva para o Imposto sobre Serviços (ISS). “Queremos que estes valores subam gradativamente para favorecer o crescimento e estabelecimento do negócio daqueles que estão começando”, explicou .

Em Curitiba, a alíquota do ISS varia de 2% a 5%, de acordo com o tipo de serviço prestado. A alíquota a ser utilizada para recolhimento do imposto retido na fonte é de 5% (cinco por cento), aplicada sobre o total do serviço tomado no mês anterior. Apenas as empresas do Terceiro Setor que podem ser isentas deste pagamento.

A revisão de impostos quanto à distribuição entre os bairros também é uma proposta do candidato, que sugere um novo pacto federativo, porque “o orçamento de uma cidade como Curitiba deve ser maior ao descentralizar a gestão dos recursos com a criação de subprefeituras com corpo técnico capaz de implementar projetos com verba própria”, explicou.

Já no âmbito das políticas sociais, Jaruga entende que é preciso dar maior atenção aos programas habitacionais, sugerindo a ampliação do programa Minha Casa Minha Vida e a implantação de novos projetos que favoreçam e estimulem a construção e ocupação de áreas que já disponham de alguma estrutura, ou seja, nos eixos estruturais. “Terrenos nestas áreas são caros devido à especulação imobiliária favorecida pela prefeitura. Ao oportunizar a ocupação destas áreas com preços mais atrativos, evita-se que o crescimento precise migrar para áreas remotas da cidade e, ao invés disso, aloca-se as pessoas em locais com infraestrutura como escolas, hospitais e creches. Isso humaniza a vida das pessoas” disse Jaruga.

A questão do assistencialismo também está na pauta da chapa, que propõe ações de justiça social e política que propiciem ambiente de segurança e acolhimento às pessoas em situação de rua com a reformulação dos abrigos, inclusive criação de quartos individuais em abrigos públicos. “Moradores de rua sempre existiram e isso não vai mudar, porém há a possibilidade de reduzir muito o número de pessoas que vivem sem um teto”. O candidato criticou a atual administração com relação ao assunto, dizendo que “a assistência social deve estar atenta aos seres humanos em si, não apenas números e estatísticas”, enfatizou.

Candidato Ademar Pereira quer integração da administração municipal

O candidato a prefeito de Curitiba Ademar Pereira (PROS), filho de agricultores, educador e empresário do ramo de eventos, apresentou sua plataforma de governo para a cidade de Curitiba aos membros do Conselho Político da Associação Comercial do Paraná (ACP), nesta terça-feira (30), o segundo orador a expor seu projeto na série promovida pela entidade.
Pereira que é dono da Escola Atuação e do Espaço Torres, além de especialista na gestão de serviços, abriu a palestra afirmando que aceitou por pura indignação a candidatura a prefeito da capital pelo PROS. O candidato a vice-prefeito na chapa é Porfírio Vengue.

O projeto discutido com os participantes da reunião aberta pelo vice-presidente Gláucio Geara, tem seus aspectos essenciais baseados em saúde integrada, vale creche, segurança conectada, bilhete único e integração com a região metropolitana, sala do empreendedor, festivais de esporte e cultura, prefeitura nos bairros, Curitiba sem lixo e ética e compromisso com a função pública.

Segundo Pereira “são estas nove propostas que irão mudar a cidade de Curitiba”, que é viável tendo em vista que “no período de quatro anos conseguiu dobrar a receita de R$ 4 bilhões para R$ 8 bilhões, como está na proposta orçamentária para o próximo ano”, disse, sublinhando que “por mais eficiente que seja, nenhuma empresa consegue dobrar a sua produtividade em prazo tão curto”.

Para o candidato do PROS, se a prefeitura consegue dobrar a arrecadação tão rapidamente é um indicativo de que “muitas coisas podem ser feitas”, dentre elas a descentralização administrativa, com “a instalação efetiva da prefeitura dos bairros”. Segundo ele “Curitiba tem 1,8 milhão de habitantes com cerca de 180 mil habitantes em cada um de seus dez principais bairros, ou seja, dez municípios de médio porte dentro da mesma cidade”.

Atualmente a resolução de um processo protocolado na administração municipal exige pelo menos seis meses de espera pelo interessado, revelou o candidato, que prometeu a expedição de um alvará para o mesmo dia da solicitação. “O interessado toma um cafezinho e sai com o papel nas mãos”, assegurou.

Para isso seu plano prevê a integração de todas as áreas abrangidas pela prefeitura, “a fim de eliminar alguns nós que persistem como a burocracia em excesso e a ditadura dos fiscais”.

As entidades solicitaram do candidato Ademar Pereira, caso eleito, o compromisso formal da prestação de contas de suas realizações ao longo do mandato.

 

ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba
ACP promove primeira fase de sabatinas com candidatos à prefeitura de Curitiba