ACP | Associação Comercial do Paraná

ACP quer “parceria cada vez mais sólida” com a Câmara

A diretoria da Associação Comercial do Paraná (ACP) convidou todos os vereadores de Curitiba para um encontro institucional, nesta quinta-feira (16), no Centro de Curitiba. Estiveram reunidas mais de 30 autoridades, entre diretores e parlamentares. O presidente da ACP, Antonio Espolador Neto, disse que é preciso continuar com o diálogo entre a entidade e a Câmara Municipal de Curitiba.

“Posso citar [o caso dos] os food trucks. Depois de muitas tratativas, o setor gastronômico e a Secretaria Municipal de Urbanismo chegaram a um resultado satisfatório a todos os interessados. O mesmo aconteceu com os recuos para bares e restaurantes, a extinção das feiras itinerantes que aconteciam de maneira irregular, prejudicando o comércio da cidade, e a melhoria das condições para estacionamento de veículos na Marechal Floriano nos bairros Hauer e Boqueirão. Essa parceria deverá permanecer cada vez mais sólida, pois o maior beneficiado é o cidadão curitibano. Juntos podemos fazer a diferença”, sugeriu.
Ele reconheceu a importância de estreitar a relação também em outros pontos permanentes. “A partir da conclusão dos trabalhos do Ippuc, a Associação Comercial se propõe a participar do processo de revisão doPlano Diretor [que será debatido durante este ano na Câmara Municipal]. Enfatizo também a campanha de despichação dessa casa e agradeço o apoio dos senhores. Tem dado um resultado efetivo muito grande”, resumiu.

O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Ailton Araujo (PSC), agradeceu o convite para a reunião e concordou com o anfitrião. “Individualmente podemos ser bons, mas unidos seremos melhores. Que bom poder contar com os senhores que estão se somando a essa intenção e a essa vontade. É isso que o povo espera de nós. A grandeza de uma cidade é feita pela grandeza do seu povo. Curitiba só é o que é porque tem o povo que tem”, disse.

Ele ainda destacou a atual conjuntura do país. “Vivemos um momento difícil para a política e para a economia. Quando se fala do político, já se olha de atravessado. Na Câmara, temos homens e mulheres de bem, que têm compromisso com a sua consciência, com a sociedade e, enquanto cristãos, têm compromisso com Deus”, afirmou. O vereador Professor Galdino (PSDB) pediu a palavra: “Estou contente de estar aqui, agradeço a recepção da Associação Comercial do Paraná e quero dizer que além dos cristãos, também destacamos os budistas e os judeus”, complementou.

O vereador Chico do Uberaba (PMN) também citou o atual momento político brasileiro. “Hoje o país passa por uma dificuldade muito grande e em Curitiba não é diferente. Hoje, trabalhar como vereador dessa cidade tem sido a coisa mais difícil. Mas mesmo assim agradeço a ACP por essa parceria. Eu frequento essa casa mesmo antes de ser vereador. E por isso digo que a entidade tem um papel fundamental na cidade de Curitiba”, lembrou.

Transparência
Apesar da série de denúncias de corrupção em diferentes esferas da política, o vereador Paulo Salamuni (PV), líder da maioria e ex-presidente da Câmara, enalteceu a transparência e a seriedade da condução dos trabalhos da Câmara Municipal de Curitiba. “Essa é uma Câmara completamente transparente e livre de qualquer problema de corrupção. Os senhores veem corrupção internacional, nacional, no estado – a corrupção é o cupim da República”, definiu. E acrescentou: “Quando nós nos tornamos desinteressados do processo político é que surgem os oportunistas, que quando querem não sabem legislar e quando sabem não podem porque os interesses que os levam para dentro dos parlamentos e dos seus mandatos populares não permitem que eles sejam eles mesmos”.

Ele lembrou das ações de responsabilidade implementadas durante a sua gestão (2013-2014), que geraram uma economia efetiva. “Cortamos 246 cargos em comissão. Fizemos uma economia total de aproximadamente R$ 100 milhões para a municipalidade. Devolvemos para a sociedade R$ 10 milhões para o transporte coletivo, diminuindo a tarifa de R$ 2,85 para R$ 2,65, e R$ 11 milhões destinados para casas de saúde do SUS [Sistema Único de Saúde] e hospitais conveniados”, listou.

Acesso à Ceasa
Convidado pela presidência da ACP, o diretor agrocomercial da Ceasa (Centrais de Abastecimento do Paraná S/A), João Luiz Cordeiro, que também presidiu a Câmara Municipal (2012), pediu o apoio dos vereadores para a conclusão de uma obra viária nas proximidades da Ceasa. “As alças de acesso precisam ser concluídas. A Ceasa tem tido menos movimento em função do congestionamento da região. Hoje levamos alimentos a todo o Paraná, à mesa de todos os paranaenses, de Santa Catarina e também do Rio Grande do Sul”, ressaltou.

O encontro foi realizado numa sala no oitavo andar do prédio da ACP, no Centro. Depois da reunião, um almoço foi servido. Além dos vereadores citados, estiveram presentes Beto Moraes (PSDB), Bruno Pessuti (PSC), Chicarelli (PSDC), Dirceu Moreira (PSL), Helio Wirbiski (PPS), Geovane Fernandes (PTB), Jonny Stica (PT), Jorge Bernardi (PDT), Julieta Reis (DEM), Pedro Paulo (PT), Serginho do Posto (PSDB), Tico Kuzma (PROS) e Zé Maria (SD). Os vereadores Aladim Luciano (PV) e Noemia Rocha (PMDB) justificaram a ausência por motivo de saúde.

Fonte: Câmara dos Vereadores

no images were found