ACP recebe ministros do TST

Almoço de confraternização reuniu participantes de evento nacional do Direito do Trabalho

Os ministros Cláudio Brandão e Luiz Philippi Vieira de Mello Filho, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), foram recebidos em almoço de confraternização oferecido pela Associação Comercial do Paraná (ACP) por meio da Câmara de Trabalho e Previdência do Conselho de Tributação e Finanças da entidade. Participou também do encontro o ex-presidente do Banco Central, Gustavo Loyola.

A confraternização se deveu à realização em Curitiba do II Congresso Nacional do Direito do Trabalho, iniciativa do grupo de pesquisa em Direito do Trabalho da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), com apoio da Associação Comercial do Paraná.

Os ministros da mais alta corte da Justiça do Trabalho no país vieram a Curitiba como convidados pela coordenação do congresso para atuar como conferencistas do referido evento.

O presidente Antonio Miguel Espolador Neto saudou os ministros ressaltando a tradicional interação da entidade com os poderes constituídos da República, especialmente o Judiciário, que “tem papel fundamental no momento de pessimismo e divergências político-partidárias vivido pelo país”, reafirmando que a ACP na condição de representante de mais de 27 mil empresas de todo o Paraná, “mantém o otimismo e trabalha no sentido de incentivar a união e integração”.

Um dos organizadores do congresso, advogado Rodrigo Fortunato Goulart, coordenador da Câmara de Trabalho e Previdência e professor da PUC-PR, explicou os objetivos do evento que reuniu pela segunda vez na capital paranaense profissionais do Direito de renome nacional, entre eles o desembargador Sérgio Cavalieri Filho, diretor-geral da Escola da Magistratura do Rio de Janeiro.

Em nome de seu colega do TST, o ministro Luiz Phillippi agradeceu a manifestação da ACP, assinalando que o “Direito do Trabalho está ajudando a construir um país mais justo, mais solidário e mais igual”, contribuindo também para a “manutenção do equilíbrio entre capital e trabalho”, concluindo que “sem açodamento das atitudes haveremos de encontrar o caminho mais adequado para todos”.

O almoço dessa sexta-feira (15) teve também a presença, entre outras autoridades e convidados, do desembargador Altino Pedrozo dos Santos, presidente do TRT-PR; José Aparecido dos Santos, presidente da Anamatra; José Lúcio Glomb, presidente do Instituto dos Advogados do Paraná; desembargador Edmilson Antonio de Lima, ex-ministro Borges da Silveira, vice-presidentes Gláucio José Geara, Airton Hack, José Eduardo Moraes Sarmento, Maria Cristina Coutinho, Odone Fortes Martins e Ivo Petris, além dos consultores jurídicos João Carlos Régis e Cleverson Marinho Teixeira.