ACP | Associação Comercial do Paraná

Divulgada lista dos Vencedores do concurso “Minha Ideia Muda o Mundo’

A entrega da premiação aos vencedores será realizada na próxima terça (7), no auditório da ACP, a partir das 18h45. Durante o evento, os idealizadores apresentarão seus projetos  à diretoria da ACP, comunidade envolvida no setor de empreendedorismo inovador e a potenciais investidores. O evento também contará com uma palestra com o fundador do site Baixaki Gui Barthel, que falará sobre a sua trajetória profissional. 

O Baixaki foi desenvolvido e é mantido pelo Grupo NZN, com base em Curitiba. O site nasceu despretensiosamente com o objetivo de oferecer conteúdo em português sobre programas e jogos de computador, incorporando posteriormente serviços e jogos online e também aplicativos para celulares. Hoje o portal figura entre os maiores do segmento no Brasil.

Seletiva

Os projetos foram disputados em três categorias categorias e duas menções honrosas. O concurso contará prêmios e patrocínios da Fomento Paraná e do BRDE, com mídia gerida pela agência Atrativa. A banca aavaliadora foi formada por empreendedores, com membros do CJE da ACP, fundos de investimentos em start up, Google Grinds, e agências de empreendedorismo da FAE e da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC).

Dentre os vencedores, destaca-se o projeto selecionado da categorias “Minha ideia muda a minha vida”. O site “alldayuse.com” explora o potencial do turismo local de um dia inteiro – day use – , viabilizando o acesso dos habitantes de Curitiba e região a uma infinidade de estabelecimentos de turismo tradicional. “A ideia simples, mas inovadora, explora um mercado consumidor muito relevante , o das pessoas com algum dinheiro mas sem tempo para viagens mais longas, conectando-o com a capacidade ociosa de estabelecimentos turísticos, a preços diferenciados para estadia sem pernoite”, destacou o coordenador do CJE, João Guilherme Duda.

Com isso, estabelecimentos como spas, chácaras, hotéis-fazenda, restaurantes coloniais, estâncias, pesque-pague, piscinas, parques temáticos e cavalgadas passarão a contar com o seu próprio mercado local, ao invés de contar apenas com turistas viajantes dispostos a pernoitar. “Para a população local, emerge uma vasta gama de opções de lazer na região da cidade, mas não necessariamente urbanas e tradicionais”, disse Duda.

Com isso, o negócio vencedor do concurso detém a possibilidade de se tornar um catalisador do turismo local, inclusive viabilizando a escala mínima necessária para empreendimentos dirigidos ao turismo tradicional de viajantes oriundos de outros estados ou regiões. 

Outras ideia em destaque é a ferramenta de avaliação em tempo real de metodologias inovadoras de ensino. Utilizada a partir da satisfação dos alunos em uma plataforma geral de acesso a artistas locais, a tecnologia pode ser utilizada para interação entre eles público e artistas, viabilizando a divulgação e a contratação em paralelo ao marketing tradicional.  

O mecanismo que desliga veículos automaticamente quando o automóvel para também está entre os projetos interessantes. A ferramenta permite economia de combustível e redução de gases poluentes.