Entidades do Paraná e da Croácia assinam termo de cooperação

Entendimentos foram iniciados na viagem do governador Beto Richa a Zagreb

O acordo de cooperação econômica entre a Associação Comercial do Paraná (ACP), Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e a Câmara de Economia da Croácia, foi assinado nessa sexta-feira (11) em ato realizado na sede da entidade de classe do setor comercial, com a presença do diplomata Drago Stambuk, embaixador da Croácia no Brasil e do representante do governador Beto Richa, secretário estadual de Infraestrutura, José Richa Filho.

O termo foi assinado pelo presidente Edson José Ramon (ACP) e pelo vice-presidente da Fiep, Rommel Barion, e pelo vice-presidente Sinval Lobato Machado, vice-coordenador do Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais (Concex-RI), com o referendo do embaixador.

O documento será posteriormente assinado pelo presidente Nadan Vidosevic, da Câmara de Economia da Croácia, em cerimônia provavelmente realizada na embaixada brasileira em Zagreb.

O embaixador Drago Stambuk, que falou em inglês, agradeceu a acolhida dos empresários paranaenses, referindo-se ao potencial econômico croata nos setores da indústria pesada, energia, comércio e turismo. Para ele, o termo de cooperação econômica vai possibilitar o incremento de negócios rentáveis entre empresas paranaenses e croatas.

Para o presidente Edson José Ramon, um dos participantes do grupo de empresários que esteve recentemente em Zagreb e outras capitais europeias, acompanhando o governador Beto Richa, o “presente acordo é resultado efetivo dos contatos mantidos com autoridades do governo e da própria Câmara de Economia da Croácia, do qual esperamos ações efetivas que tragam muitas vantagens para as partes envolvidas”.

A mesma impressão foi revelada pelo secretário José Richa Filho, que ratificou o esforço feito pelo governo para o desenvolvimento econômico do Paraná, totalizando até agora R$ 26 bilhões de investimento em vários setores da produção.

Por sua vez, o vice-presidente Rommel Barion (Fiep), que também esteve em Zagreb, citou que o sistema Fiep mantém dez acordos internacionais de cooperação técnica e econômica, entre eles com os Estados Unidos, China e Taiwan, salientando que a divisa da corporação que representa 54 mil indústrias distribuídas em 58 sindicatos de diferentes categorias, mantendo o Senai, Sesi e o Centro Internacional de Negócios (CIN), entre outras iniciativas ”é trabalhar para que as coisas aconteçam”.