Escola de Comércio e Concex-RI têm novos coordenadores

O prefeito Michael Collemann, de Columbus, capital do estado de Ohio (EUA), escolhida há mais de um ano como cidade-irmã de Curitiba dentro do escopo do programa Paraná-Ohio, foi o convidado especial do café da manhã oferecido pela Associação Comercial do Paraná (ACP) nessa segunda-feira (15), ocasião em que o presidente Antonio Espolador Neto oficializou a posse dos coordenadores Carlos Eduardo Guimarães na Escola de Comércio ACP e Déborah Dzierwa, no Conselho de Comércio Exterior e Relações Internacionais (Concex-RI), para atuação no biênio 2014-2016. 

Os novos coordenadores colocaram as linhas gerais dos projetos para os próximos dois anos, convocando as respectivas equipes de conselheiros para a realização de um trabalho que tenha como prioridade o associado.

A Escola de Comércio ACP, que substitui a Universidade Livre do Comércio (ULC), segundo Guimarães, vai estreitar a sinergia com as instituições de ensino superior de Curitiba, “com a finalidade de garantir ao associado o melhor em termos de informação sobre gestão financeira, de pessoas, marketing, formação de preços e outras questões importantes para a melhoria do ambiente de negócios”.

Déborah lembrou o trabalho realizado à frente do Concex-RI pelos coordenadores Sinval Lobato Machado, Odone Fortes Martins e o antecessor imediato, Carlos Eduardo Guimarães, comprometendo-se com uma gestão de “competência, compartilhamento e empenho de todos os conselheiros e parceiros visando atingir as metas propostas para o biênio”.

A coordenadora citou ainda que o Concex-RI continuará realizando eventos específicos para o setor de comércio exterior (workshops, conferências, simpósios e cursos), além da recepção a missões comerciais estrangeiras. Comentou também o interesse do conselho em cooperar com a organização de missões comerciais do Paraná em países da América Latina, União Europeia e leste asiático, entre outros, bem como a realização de estudos para o lançamento do Prêmio de Comércio Exterior.

Por sua vez, o prefeito Michael Collemann discorreu sobre as oportunidades de negócios que sua cidade oferece, valorizando os aspectos levados em consideração por um grupo de profissionais de inúmeras áreas, que concluiu pela indicação de Curitiba como cidade-irmã de Columbus.

Collemann que definiu sua cidade como um sinônimo de “negócios”, disse ainda que “Curitiba foi a primeira cidade escolhida na América Latina para ser nossa irmã”.