ACP | Associação Comercial do Paraná

Gleisi Hoffmann abre ciclo de debates na ACP

Em evento na sede da Associação Comercial do Paraná realizado na última terça (9), a candidata ao governo do Paraná, Gleisi Hoffmann, foi recebida por diretores da Casa que a ela passaram um documento contendo as linhas gerais do posicionamento político da instituição, com propostas essenciais para o futuro do Estado, elaborado pelo Conselho Político da entidade. A visita abriu a série de debates promovida pela ACP com apoio do Movimento Pró-Paraná com os candidatos ao governo estadual, oportunidade em que os governáveis apresentam suas propostas e debatem com os participaantes. Gleisi destacou seus planos para a gestão e o desenvolvimento econômico e social do Estado.

Durante seu discurso, “Nós não vamos cobrar impostos das microempresas e simplificar a política tributária para as pequenas”, disse a candidata. Gleisi disse aos empresários que vai implantar no Paraná um modelo de desenvolvimento que tenha como premissa o desenvolvimento regional e territorial sustentável, aliado à participação social e também ao planejamento e organização da gestão pública. “Cada região do Paraná tem as suas particularidades, por isso a visão regionalizada vai ser o instrumento mais poderoso para o nosso crescimento. Vamos criar os Conselhos Regionais e o Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social, colocando o poder público como um agente agregador dos diversos atores e setores produtivos.”

A candidata da coligação Paraná Olhando Pra Frente apresentou um relatório das obras em infraestrutura – estradas, ferrovias, portos e aeroportos – que estão em execução pelo governo federal no Estado e apresentou os itens fundamentais de seu plano de governo. “Vamos fazer um planejamento de Estado pensando  estrategicamente o Paraná a longo prazo e um planejamento de governo com foco nos quatro anos do mandato, buscando soluções imediatas para a saúde, segurança e educação”, declarou.

Transparência e simplificação

Gleisi respondeu às questões levantadas por diretores e membros da ACP. Sobre combate à corrupção, disse que será criado o Conselho de Transparência Pública. “Toda a sociedade paranaense vai ter acesso ao Conselho, a ACP terá assento. Onde estiver errado, vamos consertar. Quanto mais gente observa, mais interação se tem. Isso gera mais cobrança e resultará num governo que erra menos e combate com mais firmeza, rigidez e severidade os casos de corrupção.”

Outro tema que ganhou destaque foi a tributação e a desburocratização. “Vamos fazer valer no Paraná a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, retirar a fiscalização deste setor. É um compromisso que assumo e vamos fazer no governo estadual. Também vamos buscar a simplificação para abertura e fechamento de pequenas empresas”, garantiu.

A candidata foi recebida pelo presidente da ACP, Antonio Miguel Espolador Neto, que destacou importância deste evento promovido pela ACP em ano eleitoral .”Já é tradição da Casa aproveitar os períodos de campanha eleitoral por cargos majoritários, como o de governador do Estado, para convidar os principais candidatos e debater com eles, democraticamente, os temas de maior interesse, em primeiro lugar dos associados, mas também da sociedade”.membros da diretoria da entidade e do Movimento Pró-Paraná. Ela esteve acompanhada do candidato ao Senado, Ricardo Gomyde, e do coordenador da campanha em Curitiba, vereador Jonny Stica.