ACP | Associação Comercial do Paraná

Inadimplência em Curitiba acumula alta de 1,6% no ano, diz Boa Vista SCPC

 A inadimplência do consumidor em Curitiba apontou alta de 1,6% no acumulado do ano (jan/14 a nov/14), na comparação com o mesmo período de 2013, de acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) divulgados pela Associação Comercial do Paraná. Na análise de longo prazo (obtida pela variação do resultado acumulado nos últimos 12 meses) houve aumento de 1,2%, enquanto na comparação interanual (nov/14 contra nov/13) o indicador foi 3,1% maior. Já na variação mensal, o número de registros de inadimplência subiu 7,0%, descontados os efeitos sazonais.

O indicador de recuperação de crédito do consumidor – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplência – registrou queda de 4,1% na variação do resultado acumulado no ano. Em 12 meses acumulados, o indicador aponta queda de 3,7%, já em relação ao mês de novembro de 2013 houve redução de 7,3%. Por fim, a recuperação de crédito subiu 6,9% na comparação mensal dos dados ajustados pelo fator sazonal.

Metodologia

 

O indicador de registro de inadimplência é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas e o indicador de recuperação de crédito é elaborado a partir das exclusões de registros informadas à Boa Vista SCPC pelas empresas credoras. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100 e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

Sobre a Boa Vista SCPC

 A Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) é uma empresa que oferece as melhores soluções para a tomada de decisões sustentáveis de crédito e gestão de negócios, a serviço de empresas e consumidores. Sua base de dados contém mais de 350 milhões de informações comerciais sobre consumidores e empresas, e registra mais de 42 milhões de transações de negócios por dia.