Nota Fiscal eletrônica em pauta

Durante café da manhã oferecido pela Associação Comercial do Paraná (ACP), nesta quarta-feira (11), profissionais da contabilidade puderam acompanhar a     palestra da consultora fiscal da Inventti Sistemas de Informática, Karine Gresser, que falou sobre Nota Fiscal eletrônica (NF-e), Nota Fiscal Consumidor eletrônica (NFC-e) e o Manifesto Eletrônico de Documentos (MDF-e).

São três modalidades de documentos eletrônicos que vêm sendo implantados no Brasil pela Receita Federal como extensões do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped). A NF-e é emitida por atacadistas e indústria e é obrigatória desde 2008. Já a NFC-e veio para substituir o cupom fiscal e se destina ao consumidor final. No Paraná, as empresas ainda estão aderindo ao sistema.

De acordo com informações da Secretaria da Fazenda, MDF-e, na mesma modalidade de documento fiscal eletrônico, deverá ser emitido por empresas prestadoras de serviço de transporte para prestações com mais de um conhecimento de transporte ou pelas demais empresas nas operações, cujo transporte seja realizado em veículos próprios, arrendados, ou mediante contratação de transportador autônomo de cargas, com mais de uma nota fiscal. No Paraná, a partir de abril deste ano a emissão será obrigatória inclusive para transporte intermunicipal.

Cerca de 60 contabilistas puderam inteirar-se sobre o assunto e tirar dúvidas com a consultora Karine, que veio a convite da supervisora de Novos Negócios da ACP, Neiva Dias. “Nosso objetivo é sempre o de, por meio dos nossos serviços, auxiliar empresários a crescer”, destacou. A ACP oferece dentro do seu rol de produtos, o sistema Myrp de gestão empresarial. O programa tem foco na emissão de NF-e.

Durante a abertura do evento, a coordenadora de negócios dos Correios, Karoline Thomasel, apresentou soluções para empresas de qualquer porte em diversas áreas, como marketing e logística.