Requião Filho apresentou plano de governo na ACP

O deputado estadual Requião Filho (PMDB), candidato a prefeito pela Coligação Curitiba Justa e Sustentável, acompanhado pelo candidato a vice, vereador Jorge Bernardi (Rede), esteve nessa quarta-feira (14) na Associação Comercial do Paraná (ACP), com a finalidade de debater com dirigentes da entidade e empresários os aspectos principais de seu projeto para a gestão municipal.

Assim como os demais candidatos, Requião Filho foi convidado pelo Conselho Político, em cooperação com o Movimento Pró-Paraná, Instituto dos Advogados do Paraná e Instituto Democracia e Liberdade (IDL) representados pelo vice-presidente Sinval Lobato Machado, ex-governador Mário Pereira, Cleverson Marinho Teixeira e Nelson Bucker, respectivamente. Participaram também do encontro os vice-presidentes Gláucio Geara, Odone Fortes Martins, Monroe Olsen e José Eduardo Moraes Sarmento, o ex-secretário da Fazenda, Heron Arzua, além de diretores e conselheiros.

O candidato à prefeitura foi saudado pelo presidente da ACP, Antonio Miguel Espolador Neto, que reiterou a prática democrática da entidade de convidar os postulantes a cargos executivos para a exposição e debate das propostas de gestão com o empresariado do setor de comércio e serviços.

Após a palestra de Requião Filho, o presidente entregou-lhe uma cópia do documento “A Curitiba que queremos”, consolidando as reivindicações básicas do setor para a futura administração da cidade.

“Minha gestão terá como base o diálogo e as parcerias”, declarou o candidato peemedebista ao assinalar que “todos querem contar com um raio de esperança e, por esse motivo, não devem acreditar no discurso mentiroso de quem promete tudo fazer, porque esse discurso é perigoso e prepotente”.

Ao longo da exposição, Requião Filho descreveu as ações que pretende incrementar nas áreas de educação, saúde, segurança, trânsito, mobilidade urbana e burocracia, entre outras.

Referindo-se ao orçamento da capital, afirmou que o mesmo é “muito bom, de cerca de R$ 9 bilhões, mas de certa forma engessado, além da dívida líquida que pode chegar a R$ 1 bilhão”.

Em sua gestão, o candidato disse que a prefeitura será amiga do empreendedorismo, de quem trabalha e gera empregos: “Não haverá arrocho fiscal, mas sim incentivos e a eliminação de impostos onde for possível para garantir que o comerciante mantenha as portas abertas”, afiançou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP
Requião Filho apresentou plano de governo na ACP